Archive for fevereiro \19\UTC 2017

A vida dos outros, as aventuras não vividas




Ninguém nega que o individualismo cresce e se globaliza. Todo mundo adora uma contemplação no espelho. Os cremes de beleza atraem e custam caro, mas a classe média delira com a possibilidade de tê-lo. As cerimônias de higiene são complexas. Nada como um bom perfume, daquele que seduz. Portanto, o encontro matinal está repleto de […]




Share Read the rest of this entry »

O mundo freudiano




Desfaça a alegria fabricada e a insensatez dos juízes ensandecidos. Descobra o manto que escondeu o tempo e a vida que se foi para o abismo. O mundo se perde no pequeno caos da arrogância, deixa-se levar pelas formas das mercadorias. Não grite por ninguém,  apague a luz da lâmpada azul e espere os anjos […]




Share Read the rest of this entry »

De quem é a festa? De quem é a máscara?




O carnaval está no ponto. Muita animação que se amplia na mídia. Parece que  haverá uma mudança radical. Mas o carnaval possui máscaras, esconderijos fantásticos. Fica uma ressaca imensa. A alegria se apressa ou a cachaça se vai. Dizem que tudo é permitido. Pura ilusão. Há repressões e limites, embora as portas abertas ajudem a […]




Share Read the rest of this entry »

Choques e disfarces: jogo tenso da violência e da política




É difícil caminhar sossegado pelas ruas. Os ruídos do carnaval estão salientes. As multidões se preparam para folia e as cervejas mostram-se dispostas a aliciar foliões. A festa se aproxima como uma homenagem a um belo delírio fugaz. A sociedade está mesmo tensa. A violência é veloz e visita o mundo. Assaltos cotidianos aos ônibus, […]




Share Read the rest of this entry »

Os impedimentos doentios




Duvido que as fronteiras impeçam movimentos. A loucura pode ser uma máscara, sem esquizofrenias, e a feitiçaria um vaso dourado com veneno especial Pulo a política que renega o encontro e a fantasia, engano a lei da gravidade com sonhos inesperados, não sonho com quem sona com o fim do mundo e do abraço. Há […]




Share Read the rest of this entry »

A universidade: entradas, saídas, levitações




  Conhecer os segredos do mundo é um desafio que abraça a cultura. Não basta acumular informações, descrever manchetes, engolir filmes com cheiro de pipoca. Existem muitas histórias e o trem da verdade é feito de madeira vulnerável. Quem se abala em saber que as mentiras circulam? Seria difícil uma sociedade produtora de saberes transparentes. […]




Share Read the rest of this entry »

A solidão é companheira do mundo




  Vejo multidões nos estádios de  futebol. Cantam, gritam, se emocionam. É uma grande festa com cores e geometrias inesquecíveis. Tudo parece um paraíso com celebração deslumbrantes. A festa passa. A ressaca surge. Os segredos pessoais continuam. Há sempre um retorno à solidão. Há pressa e desconforto quando o outro se aproxima. Será que vivemos […]




Share Read the rest of this entry »

Os estragos violentos da história nos pertencem




Os debates são antigos. Não cessarão. Há quem considere a história o lugar privilegiado da mudança e das invenções. Ficam perplexos quando se  afirmam as permanências. Os dias passam e a violência não se vai. Agora, os racismos voltam com muita força e tornam-se sinais de arrogâncias que pareciam superadas. Assisto a cenas diárias que […]




Share Read the rest of this entry »

O Apartamento: as imagens da vida cotidiana




  As dores não passam como um cometa. Persistem. Há dúvidas que machucam e tradições que confundem. Nada de novo no planeta na sua marcha das competições e das vinganças. Um bom filme sintetiza anos de história e traz as sequências instáveis do cotidiano. Não desculpa tensões, mas move ideias e imaginações. A cultura é […]




Share Read the rest of this entry »