Archive for março de 2017

As culturas, os pertencimentos, as modas, os vazios

A incompletude não é uma invenção vadia. Estamos longe da onipotência e os deuses descansam dos pecados que também cometeram. A sociedade roda. Os conflitos aparecem com frequência. Nunca se consagraram tantos medos e tantas inseguranças. Cada aventura significa uma ameaça sem definição. As polêmicas renascem, a memória se aquece, os preconceitos se agitam. Será […]

Read the rest of this entry »

A ressaca do mundo

Ouve o ruído de quem tem ressentimento e se cansa da alegria, carregando o corpo como uma pedra angustiada com a lei da gravidade. Olha as elites soltas, pulando os lixos e abraçando os privilégios, acusando os tropeços das corrupções, invadindo direitos e criando violências. Desconfie de quem se declara sempre prejudicado e tem gosto […]

Read the rest of this entry »

O carnaval: as andanças embriagadas da vida

Os ruídos não se ausentam. O carnaval passa, mas os ouvidos escutam ressonâncias e esperam. A festa do desejo é incansável. Deixa saudades, porque há sinais de que o mundo vai ganhar outro ritmo. O tempo redefine os trabalhos e aumenta os problemas. O carnaval anunciou, para muito, um paraíso. Há uma febre contagiante e […]

Read the rest of this entry »