Archive for 05/09/2018

O fogo da memória, a memória do fogo

  A cultura não desparece como um cometa. Ela se guarda na memória. Sua força é incomensurável. São tradições que se tocam, anos vividos, solidariedades, tristezas, descuidos. Somos cultura. Nosso corpo possui registros dos anos passados. Não dá para riscar o tempo da história. Seria um absurdo, um suicídio. Por aqui, os incêndios são comuns. […]

Read the rest of this entry »