Archive for 26/09/2018

A armadura da tristeza: nada será como antes

  A vida não é uma porta aberta. Temos que fazer peripécias para conseguir enganar suas armaduras. A multiplicidade de situações exige criatividade. A cultura responde e tenta ultrapassar limites. Mas a sociedade não deixa de conviver com as frustrações. A questão não é, apenas, a finitude. O mundo é um territória que adota uma […]

Read the rest of this entry »