Archive for 18/01/2020

O limite e a história abraçam a vida

Quem acredita no destino, muitas vezes, se entrega às fatalidades. Não consegue conviver com surpresas, sente-se numa história programada e visualiza juízos finais. Cria-se uma cronologia de datas marcadas por acontecimentos inevitáveis. O fato é o fato e não a interpretação do fato. A história se torna um canto de repetição, lugar de desertos extensos […]

Read the rest of this entry »