Archive for 28/03/2020

Os cortes do eu e da agonia

A história nunca foi um linha reta. Há quem tente criar fantasias permanentes com se existisse um destino. A história é possibilidade, inquieta, traz surpresas, mete medos e reajustes. É uma construção com marcas de incertezas. Portanto, não adianta fixações, pois o acaso invade e a globalização forja temores antes inusitados. Não imagine o eu […]

Read the rest of this entry »