Archive for 06/01/2021

Sabedorias perdidas?

Sei que há uma diversidade imensa. Não me empolgo. A Revolução Francesa se mostrou como salvadora. Inventou temas, consagrou intelectuais. Olho para o cotidiano e sinto que a liberdade, a fraternidade e a igualdade hesitam. Sei que muitos ironizaram e se afirmaram donos do iluminismo. Educar caminharia para solidariedades. Rousseau escreveu e teve boas leituras. […]

Read the rest of this entry »

O charuto de Freud

                                             A sala está fechada, pois o silêncio pede reflexão e escuta. Freud mostra atenção e nem se lembra do seu charuto ambíguo: prazer e morte associados. Freud sabe que é preciso mergulhar no inconsciente, para decifrar sinais confusos da vida. O erro chama a verdade e a verdade chama o erro. As contradições viajam […]

Read the rest of this entry »