Archive for the ‘sem categoria’ Category

O futebol e o vazio da fama: as queixas de Andrade

O homem é um animal social. A sociabilidade exige ritos, ordens, regras, festas, afetividades. Viver é conviver, já disse o poeta Drummond. Não longe dos conflitos, da troca de favores, dos prazeres extasiantes, das antipatias mal resolvidas. Perdemos. Ganhamos. As mudanças nem acontecem como queremos. O capitalismo acirra as disputas e incentiva a competição. Há […]

Read the rest of this entry »

O cotidiano do futebol e a fogueira das vaidades: o mercado cruel

As brilhantes vitórias do Brasil e do Internacional animam as expectativas de quem gosta de um futebol com técnica e sagacidade. Mas o mundo gira. As notícias são muitas e não podemos ficar nas comemorações. O fazer cotidiano nos alerta. O tempo come a vida, como disse Baudelaire. Em Pernambuco, as disputas políticas ganham espaço. […]

Read the rest of this entry »

O feitiço da Libertadores e a virada do Internacional

Na Libertadores, há feitiço que atormenta os clubes brasileiros. Quem conhece bem essa história é o São Paulo. Não deixou de ganhar seus títulos, mas todo ano se prepara de maneira especial para ser campeão. Contrata craques famosos, reformula o elenco, movimenta sua torcida e não consegue seguir adiante, como projetava. Sua moradia cavilosa foi […]

Read the rest of this entry »

A política, o futebol e o Superman: os entrelaçamentos

O ano de 2010 foi anunciado com muitas ansiedades. Era o ano da Copa de 2010 e das eleições para presidente do Brasil, só para lembrar algumas coisas. Lula continuava sua trajetória, mas as mudanças estavam por suceder. Restava esperar e a vida prometia, com suas andanças múltiplas. Veio a Copa. A seleção manteve-se nas mãos de […]

Read the rest of this entry »

A seleção recomeça: novas estrelas, novas luzes

Mano Menezes inicia seu trabalho com um jogo nos Estados Unidos. Escalou uma equipe jovem, diferente do time de Dunga. Criam-se expectativas, mas é preciso paciência. Não vamos desejar sucesso rápido e estrelas brilhando já no começo dessa trajetória. As mudanças são saudáveis. Não dava para manter aqueles compromissos anteriores, aquela teimosia negativa e a ausência […]

Read the rest of this entry »

Os tricolores balançam-se nos trapézios, mas nem tudo é festa.

Hoje, é dia de falar dos tricolores. Não de todos, pois seria impossível. Mas há algo em comum, para animar o texto. São três tricolores, veja que sinfonia vocabular. Escolhi o Fluminense, o São Paulo e o Santa Cruz. Cada um vivendo fases diferentes, lutando em campeonatos decisivos, querendo encontrar a boa sorte no domingo, 8 de […]

Read the rest of this entry »

O futebol em Pernambuco: sobra rivalidade, falta dinheiro

A coisa não está fácil. Anúncios de atrasos salariais ocuparam a imprensa e causaram polêmicas pouco esclarecidas. O treinador do Náutico foi áspero na sua entrevista e  Givanildo, do Santa, mostrava-se perplexo com as dificuldades encontradas. Há complicações que perturbam o desempenho dos times em campo. O Sport busca melhorar seu elenco, porém não consegue […]

Read the rest of this entry »

As distrações filosóficas: o futebol no fogo da dúvida

Construir um blog passa por muitas reflexões. Se elegemos o imediato, a urgência, as palavras fugidias, podemos mergulhar num efêmero improdutivo. Terminamos por produzir um texto com informações variadas, mas de pouca intimidade com os questionamentos. Um texto ligeiro e descartável, como quase tudo que rege a sociedade de consumo. Minha paixão , pelo futebol, vem […]

Read the rest of this entry »

A conquista e a renovação: o futebol segue adiante

Pelé surgiu cedo para fama. Tornou-se campeão do mundo, em 1958, jogando numa seleção preciosa. Lá estavam Djalma Santos, Didi, Zito, Garrincha, Nílton Santos e tantos outros. Não faltavam craques. Foi um entusisamo geral. Até os adversários ficaram perplexos e maravilhados com a capacidade de invenção do time do técnico  Vicente Feola. Hoje, lamentamos a […]

Read the rest of this entry »

O futebol e a fórmula 1: o esporte sob pressão

No mundo atual, a mulitplicidade é visível.  As transformações, ocorridas nas últimas décadas, tiveram uma velocidade marcante. As chamadas revoluções tecnológicas tumultuam o cotidiano. Cada invenção traz o surgimento de novos hábitos, novos alfabetos, novos consumos. O esporte não foge dessas mudanças. Se antes tudo dependia da habilidade humana, hoje as máquinas assumem lugar de destaque. […]

Read the rest of this entry »