Archive for the ‘sem categoria’ Category

A campanha eleitoral e a disputa da Libertadores: a multidão no espelho

A política e o futebol agitam o cenário. Iniciou-se a campanha eleitoral no rádio e na televisão. As tensões aumentam e os eufóricos exaltam seus otimismos. As últimas pesquisas dão uma boa vantagem para Dilma. Isso deixa muita gente cantando vitória, esquecendo-se de que a política possui suas semelhanças com o jogo. Não dá para […]

Read the rest of this entry »

O futebol e o social: desperdícios e carências

O futebol tem noticiário garantido na imprensa brasileira. Nem sempre, se penetra nos seus esconderijos, nem se visualiza as suas contradições. Destacam-se suas fofocas e a vida pessoal dos seus craques. O futebol precisa de um olhar mais agudo, para que seus admiradores percebam sua inserção na cultura e nas escolhas sociais. O mercado da bola […]

Read the rest of this entry »

A corrida para conquistar o Brasileirão: disparadas e decepções

A disputa , por ponto corridos, deu outra vida ao Brasileirão. Muita gente é contra, mas as partidas são mais valorizadas e a torcida se sente contemplada de forma mais justa. Recentemente, tivemos uma parada, na competição, que trouxe expectativas. Clubes que estavam, lá atrás, se acederam com a possibilidade de novas contratações e construir a reviravolta. […]

Read the rest of this entry »

Os ídolos buscam espaços e a redenção na vitória

A situação do Santa Cruz não agrada a ninguém. Mesmo seus opositores pernambucanos ficam na torcida, para reverter os resultados. Há quase um desespero. O Náutico segue fazendo uma boa campanha e o Sport busca retomar os tempos de glórias. Podem representar o futebol da terra, com mais fôlego e dignidade. No meio dos sofrimentos tricolores, alguns jogadores […]

Read the rest of this entry »

A grana cara-pálida: o assédio, o Chelsea e Neymar

Os escândalos sexuais dominavam as páginas de jornais especializados em movimentar fofocas. Nomes de artistas, princesas, reis, políticos famosos faziam o delírio do noticiário. O assédio tinha outros tons e objetivos. O corpo era o alvo. A nudez ganhava espaço em imagens clandestinas e comentadas até a exaustão. Mas os tempos mudam. A grana  prossegue  nas […]

Read the rest of this entry »

O futebol e o vazio da fama: as queixas de Andrade

O homem é um animal social. A sociabilidade exige ritos, ordens, regras, festas, afetividades. Viver é conviver, já disse o poeta Drummond. Não longe dos conflitos, da troca de favores, dos prazeres extasiantes, das antipatias mal resolvidas. Perdemos. Ganhamos. As mudanças nem acontecem como queremos. O capitalismo acirra as disputas e incentiva a competição. Há […]

Read the rest of this entry »

O cotidiano do futebol e a fogueira das vaidades: o mercado cruel

As brilhantes vitórias do Brasil e do Internacional animam as expectativas de quem gosta de um futebol com técnica e sagacidade. Mas o mundo gira. As notícias são muitas e não podemos ficar nas comemorações. O fazer cotidiano nos alerta. O tempo come a vida, como disse Baudelaire. Em Pernambuco, as disputas políticas ganham espaço. […]

Read the rest of this entry »

O feitiço da Libertadores e a virada do Internacional

Na Libertadores, há feitiço que atormenta os clubes brasileiros. Quem conhece bem essa história é o São Paulo. Não deixou de ganhar seus títulos, mas todo ano se prepara de maneira especial para ser campeão. Contrata craques famosos, reformula o elenco, movimenta sua torcida e não consegue seguir adiante, como projetava. Sua moradia cavilosa foi […]

Read the rest of this entry »

A política, o futebol e o Superman: os entrelaçamentos

O ano de 2010 foi anunciado com muitas ansiedades. Era o ano da Copa de 2010 e das eleições para presidente do Brasil, só para lembrar algumas coisas. Lula continuava sua trajetória, mas as mudanças estavam por suceder. Restava esperar e a vida prometia, com suas andanças múltiplas. Veio a Copa. A seleção manteve-se nas mãos de […]

Read the rest of this entry »

A seleção recomeça: novas estrelas, novas luzes

Mano Menezes inicia seu trabalho com um jogo nos Estados Unidos. Escalou uma equipe jovem, diferente do time de Dunga. Criam-se expectativas, mas é preciso paciência. Não vamos desejar sucesso rápido e estrelas brilhando já no começo dessa trajetória. As mudanças são saudáveis. Não dava para manter aqueles compromissos anteriores, aquela teimosia negativa e a ausência […]

Read the rest of this entry »