Posts Tagged ‘1964’

1964: entre as “memórias” e as “verdades”

Não há história uniforme, sem discordâncias. O paraíso ficou misturado com as lendas e os mitos. Não desprezemos os pecados, mas sigamos costurando ações e sentimentos sem sabermos quando tudo isso terminará. Talvez, sejamos atores de um drama infinito, haja um escritor astucioso e transcendental. Não faltam espaços para especulações. Pensar a vida é sempre […]

Read the rest of this entry »

1964: história e memória, verdade e poder

A localização da verdade é, sempre, uma questão instável. A sociedade não vive sem conhecimentos, sem limites, sem estabelecer suas ordens e visualizar suas possibilidades. O jogo político influencia as escolhas. Ele está articulado com as tramas do poder. Não há neutralidade na política. Os compromissos são assumidos e fazem parte da construção da história. […]

Read the rest of this entry »

1964:as datas atiçam memórias e histórias

Não é novidade saber que as histórias acontecem na luta e na construção de projetos. É simbólico marcar calendários. Não conhecemos as origens, nem podemos precisar o que motiva mudanças ou tradições. A complexidade provoca análises que nunca  trazem respostas definitivas. Estamos buscando não deixar que o vazio se instale e a memória ajude a agitar […]

Read the rest of this entry »

Memórias inquietas: o golpe político-militar de 1964

Quando tinha quase 12 anos, em março de 1964, se deu o golpe político-militar que derrubou o governo de João Goulart. Pregava-se o fim do perigo comunista que assombrava grupos sociais significativos. Queriam ordem e nacionalismo, nada de aventuras trabalhistas e sindicais. Houve reações, mas muita gente simpatizou com o ato. Não gostei. Fiquei desconfiado, […]

Read the rest of this entry »