Posts Tagged ‘abismo’

O peso do dia

O peso do dia não revela sua medida, o tempo esconde segredos e sentimentos. Não há como desfazer as diferenças que se fixam, nem afirmar o sentido que está atrás do espelho. Os deuses se acomodam em paraísos privados, estimulam a culpa e o perdão, estão perdidos. A vida passa desenhando distâncias cínicas, o corpo […]

Read the rest of this entry »

Padura:as estratégias das violências assassinas

Continuo assustado com a leitura que fiz de Padura. Trata-se de uma obra notável. Uma denúncia que assombra e mostra a incompletude humana. A sensibilidade do escritor entusiasma, mas as manobras autoritárias  presentea na história amargam. Cada época tem seus lixos, suas escravidões, suas permanências. Isso nos traz dificuldades imensas. Quando me lembro das tragédia […]

Read the rest of this entry »

Leituras apressadas, palavras mínimas

            A complexidade acompanha a história.É difícil resumi-la. Simplesmente, tocamos em certas questões e procuramos seguir seguir adiante sem se livrar das esfinges. Vivemos lendo o mundo. As coisas, as pessoas, as relações, as palavras, os sentimentos, as imagens, tudo nos faz observar que há significados que incomodam e precisam […]

Read the rest of this entry »

Tonturas do mundo, cotidianos apressados

Dizia o poeta que o mundo é vasto. É difícil saber o que se quer com tantos desejos e tantas invenções. A complexidade é parceira, repleta de  luzes e sombras, mas multiplica, com pressa, dúvidas e desconfianças. Há quem arquitete alternativas e se entregue no sonho da salvação. Faz da vida uma ficção que exige […]

Read the rest of this entry »