Posts Tagged ‘alternativas’

Quem se lembra dos Estados Unidos nos anos 1960?

Sou atento , não fico viajando nas coisas do passado de forma fantasiosa. Mas há décadas que me fascinam. Não cesso de retomá-las e sentir a sociedade pulsando. Nada está encerrado, a história não morreu e o mundo se balança. No entanto, o pessimismo é grande. Volto para os anos 1960 que tanto admiro. A […]

Read the rest of this entry »

Não apague as solidariedades e os encontros

  Não deveria ser assim. Construir muros de lamentações é sinal  de que a história anda escorregadia. Não se olha para o outro e a fragilidade do social deixa constantes medos. Falo de ambiguidades que não cessam, de violências sempre atuantes e do egocentrismo avassalador. Nunca acreditei que tudo seria absolutamente sintonizado na paz. Os […]

Read the rest of this entry »

Sebastião: o sal da terra e do mundo

Interpretar a história é missão que não se acaba. A complexidade se estende e as alternativas se misturam. Vivemos fortes ambiguidades que atravessam o cotidiano. Tudo muito veloz. As verdades não se sustentam. A política se encanta pelo mercado de valores. Apesar das invenções tecnológicos, as ruínas se encontram em toda parte. As indefinições cortam […]

Read the rest of this entry »

Ocupar as cidades, refazer as arquiteturas

Estamos construindo cidades gigantescas e inóspitas. Maiores que os labirintos tenebrosos que fantasiamos nos medos e nas frustrações. Desconhecemos suas ruas, ficamos isolados em quarteirões, pedimos comida pelo telefone, mergulhamos em atividades solitárias. As sociabilidades têm gosto de trabalho, competição, consumo. Não cuidamos das perdas, talvez pensando que as tecnologias nos salvarão. Os sustos acontecem […]

Read the rest of this entry »

José Sarney e as travessuras da política

Sarney tornou-se uma figura presente nas mais diversas articulações da alta esfera política. Desde os tempos dos governos militares que possui destaque  nas manobras decisivas e não perde espaço nos apadrinhamentos dos parceiros. Não se limita ao cochichos de Brasília. Seu poder se amplia, quebra fronteiras partidárias e regionais. Muitos  se surpreenderam com sua amizade com […]

Read the rest of this entry »

Os perigos das conexões internacionais vacilantes

Estamos todos muito próximos. Pode não haver afetos contribuindo para melhorar as relações sociais, nem a solidariedade encontre caminho para seguir seus projetos. Os valores são outros, pois a sociedade abraça o pragmatismo e a maioria não se toca com os sentimentos. A história é uma construção difícil e contraditória. Os vencedores articulam seus favorecimentos, […]

Read the rest of this entry »