Posts Tagged ‘Brasil’

Cenas brasileiras(?): o herói, as profecias, os contrastes

A sociedade brasileira vive controvérsias turbulentas. As eleições provocam debates, lembram a política, suas impermanências, expõem ressentimentos. É sempre um momento especial, mesmo com os exageros da propaganda e os candidatos de olho nos cargos, poucos atrelados à cidadania. Há muitas especulações e os pactos se direcionam para pensar outras disputas. A vida continua.  As […]

Read the rest of this entry »

As instabilidades históricas, globais e espertas

Havia muita expectativa de que as mudanças trazidas pelas conquistas científicas desfizessem desigualdades e inibissem violências. O otimismo tinha espaços e divulgava o discurso do progresso. Parecia que as dissonâncias de antes eram resultados de falta de maior conhecimento. A razão precisava ser estimulada para esclarecer mistérios e consagrar o bem comum. Muito se discutiu […]

Read the rest of this entry »

A Eucopa: travessuras da globalização fantasiada

Não faltam atrações na telinha. Quem perde  espetáculos tão coloridos? Há quase uma obrigação midiática. Quem deseja ficar ausente das conversas? Todos estão atravessados pelas travessuras das comunicações, pelas redes fantásticas de recursos mágicos e sedutoras de bilhões de pessoas. O futebol possui muito fascínio. Movimenta olhares e saberes. O esporte coletivo que forma críticos […]

Read the rest of this entry »

Os lugares dos poderes, as dissonâncias permanentes

A vitória dos socialistas trouxe ânimo para muitos grupos políticos europeus. O ex-presidente da França não era uma figura  simpática. Possuía sinais de arrogâncias conservadoras que desagradavam, sobretudo, pela intolerância. Tudo muda, dizem. Não vamos cair no absoluto. Entre a teoria e a prática há, sempre, abismos imensos. Os ideais socialistas criticam a exploração, trazem […]

Read the rest of this entry »

França e Brasil: a política desfia profecias

As eleições trazem, sempre, expectativas. Na época das anunciadas crises, o trapézio da luta política faz voos inesperados. Na França, os primeiros resultados deixaram incertezas e suspeitas na atmosfera. Ressurgem, com fora, atitudes de extrema-direita que tanto assombram o mundo. Sarkozy não consegue definir seu caminho, procurando expandir o oportunismo da sua estratégia vacilante e […]

Read the rest of this entry »

José Sarney e as travessuras da política

Sarney tornou-se uma figura presente nas mais diversas articulações da alta esfera política. Desde os tempos dos governos militares que possui destaque  nas manobras decisivas e não perde espaço nos apadrinhamentos dos parceiros. Não se limita ao cochichos de Brasília. Seu poder se amplia, quebra fronteiras partidárias e regionais. Muitos  se surpreenderam com sua amizade com […]

Read the rest of this entry »

Messi mantém a glória e a majestade

Messi tem 24 anos. Canceriano, joga no Barcelona, mas nasceu na Argentina. São dados que aparecem, exaustivamente, em toda imprensa. Messi é conhecido, na aldeia global, como ídolo inquestionável, ameaçando os reinados de Maradona e Pelé. Pela terceira vez foi considerado o melhor do mundo, num esporte tão cheio de instabilidades e disputas. Consegue ser quase uma […]

Read the rest of this entry »

Dilma Rousseff e os olhares mutantes da política

Lula terminou seu mandato consagrado. Não poderia ser superado, segundo os mais fanáticos. Saiu pela porta larga, com promessas de não largar a política, mas não atrapalhar Dilma Rousseff. As expectativas se mantiveram, contudo o futuro não é fixo, desafia as cartomantes astutas. Todos apostam, fazem prognósticos. É o jogo maior da vida: brincar com o tempo […]

Read the rest of this entry »

Os sonhos de uma República têm histórias

Os sonhos de uma República ágil e democrática devem ser persistentes. É saudável evitar abismos e  não conviver com repetições de desmanches. Ter cuidado com os alertas. Muito ruído causa dor nos ouvidos, torna enfadonhos os noticiários de espetáculos nada dignificantes. Por isso, é importante desconfiar de certas euforias progressistas. Os tempos se misturam. A […]

Read the rest of this entry »

Há vagas para professores, faltam salários dignos

A sociedade gosta de celebrações. Faz festas e homenagens, distribui presentes e medalhas. Depois, há um esquecimento. Tudo volta ao dia a dia. Cada um se recolhe aos segredos e às batalhas. Aguardam-se outras datas que acendam o comércio na sede de estimular o consumo. O dia do professor está próximo. Será no sábado. Isso não colabora muito […]

Read the rest of this entry »