Posts Tagged ‘Capitalismo’

Os desencontros políticos e a escassez de limites

A seca toma conta de quase tudo. O calor manda no cotidiano. As chuvas não dão garantias de que teremos tempos sem sufoco. Não se resolve uma questão tão secular. Ela se repete como também tantas outras que invadem a educação e a saúde. Não entendo o que significa governar para quem  usufrui os privilégios […]

Read the rest of this entry »

As estratégias de sobrevivência e os controles cotidianos

Há uma insatisfação com a vida cotidiana que toma conta da maior parte da população. Existe quem reclame de mais privilégios, sente-se invadido em sua residência pelos ruídos da rua, pelo tumulto causado por mendigos habitantes da praça. Mas há quem exija o mínimo e nem sequer  visualizar possibilidades de mudança. Os ônibus representam o […]

Read the rest of this entry »

A cidade: as vestes da memória e da mercadoria

As mudanças seguem. Não é possível interrompê-las, criando a soberania absoluta da tradição. No entanto, há escolhas que não são inocentes. Não adianta exaltar a generosidade numa sociedade cheia de incertezas e de disputas. Quem perde e quem ganha? É a pergunta que nos persegue. A política é o território onde as dúvidas se ampliam […]

Read the rest of this entry »

As trajetórias da política nos significados dos tempos

O debate sobre a política acompanha a história. Mudam as concepções. Há fortes ligações com os hábitos de cada época e a forma como a economia se organiza. Onde a escravidão é considerada normal, as regras são outras e as possibilidades de rebeldia também. No entanto, a história não é linear, como alguns ainda gostam […]

Read the rest of this entry »

(Des)caminhos e vozes que não se calam

As respostas parecem não existir. As perguntas são muitas. Correm o mundo, atiçam movimentos inesperados. Não há só  guerras soltas assustando populações. As tiranias continuam mandando as ordens. Veja o caso recente da posse do governo chinês. Os privilegiados fecham os olhos. Ambicionam fazer negócios, desviam suas atenções e nem ousam discutir por onde caminha […]

Read the rest of this entry »

Os descompassos obscuros do futebol e do mercado

Sou tricolor. Não esqueço, mesmo com todos os desacertos e frustrações. Há escolhas na vida que não precisam de explicação. Torna a aventura mais misteriosa e foge da mesmice. Depois, existe o ritmo do perdão e do esquecimento. Preocupo-me, porque as expectativas otimistas estão sendo esvaziadas. Não falo, apenas, do Santa Cruz. Como o futebol […]

Read the rest of this entry »

As instabilidades históricas, globais e espertas

Havia muita expectativa de que as mudanças trazidas pelas conquistas científicas desfizessem desigualdades e inibissem violências. O otimismo tinha espaços e divulgava o discurso do progresso. Parecia que as dissonâncias de antes eram resultados de falta de maior conhecimento. A razão precisava ser estimulada para esclarecer mistérios e consagrar o bem comum. Muito se discutiu […]

Read the rest of this entry »

Por onde anda o futebol idolatrado e assanhado?

O futebol domina corações. É um jogo de impressionantes malabarismos. Não dá para apagar suas paixões. Quem gosta, curte e vai longe nas suas argumentações em defesa dos seus ídolos. Não sou fanático, mas gosto do Santa Cruz desde pequeno, Fico emocionado com as vitórias, vivo muitas inquietudes com os descuidos, acompanho as aventuras dos […]

Read the rest of this entry »

As complexas relações das diferenças e das novidades

Não há como ficar quieto. A sociedade armou-se de tantos meios de comunicação que as informações circulam sem parar. Fica difícil distinguir o que é o antigo, o que é moderno. O negócio é veloz, veste-se com o encanto da novidade. Como a memória encontra-se em situação desfavorável, tudo gira numa confusão profunda. O deslocamento […]

Read the rest of this entry »

Fanatismos :a fama e o delírio, a vitória e a esperança

Não custa observar como anda o movimento da sociedade na busca de fugas para as adversidades. Há muita euforia e consumo. Há quem se sinta aliviado com seu poder de compra aumentado. Curte trocar o carro, fazer compras de supérfluos e desfilar com o celular sofisticado. Estamos no capitalismo e não vamos esperar simplicidade generalizada. […]

Read the rest of this entry »