Posts Tagged ‘cultura’

O ensino das histórias: finitudes e mesmices

    Não sei ensinar história sem pensar nas várias tramas didáticas que se divulgam. Há quem aposte numa cronologia do espetáculo. Escolhem guerras, elegem mitos, gostam da vaidades. Falta um debate ou uma reflexão sobre o significado do ser humano. O que queremos? Quais os nossos limites? Somos criadores ou criaturas? Perdidos, entre datas […]

Read the rest of this entry »

Pamuk: escritas do cotidiano, escritas desenhadas e estranhas

  Os livros de Pamuk exigem fôlego. Leituras que movem dias e imaginações inesperadas. Já mergulhei em boa parte da sua obra. Vivei emoções incríveis quando li Istambul. Fiquei na transcendência com a sensibilidade que corri para escrever alguma coisa. Estava delirando. Há, às vezes, melancolias, descrições detalhadas, paixões amargas. Pamuk desenha as palavras com […]

Read the rest of this entry »

Julgar: o poder opressor da notícia veloz

  Vivemos contando a nossa vida e falando da vida dos outros. Há inúmeros meios de comunicação. A tecnologia abriu espaço para velocidade. Todos querem novidades. Sentem-se motivados pelas fofocas gerais. Há uma certa perversão em escutar insucessos, em curtir escândalos, em vibrar com tragédias alheias. A generosidade nunca existiu de maneira plena. Somos animais […]

Read the rest of this entry »

As culturas, os pertencimentos, as modas, os vazios

A incompletude não é uma invenção vadia. Estamos longe da onipotência e os deuses descansam dos pecados que também cometeram. A sociedade roda. Os conflitos aparecem com frequência. Nunca se consagraram tantos medos e tantas inseguranças. Cada aventura significa uma ameaça sem definição. As polêmicas renascem, a memória se aquece, os preconceitos se agitam. Será […]

Read the rest of this entry »

De quem é a festa? De quem é a máscara?

O carnaval está no ponto. Muita animação que se amplia na mídia. Parece que  haverá uma mudança radical. Mas o carnaval possui máscaras, esconderijos fantásticos. Fica uma ressaca imensa. A alegria se apressa ou a cachaça se vai. Dizem que tudo é permitido. Pura ilusão. Há repressões e limites, embora as portas abertas ajudem a […]

Read the rest of this entry »

O Apartamento: as imagens da vida cotidiana

  As dores não passam como um cometa. Persistem. Há dúvidas que machucam e tradições que confundem. Nada de novo no planeta na sua marcha das competições e das vinganças. Um bom filme sintetiza anos de história e traz as sequências instáveis do cotidiano. Não desculpa tensões, mas move ideias e imaginações. A cultura é […]

Read the rest of this entry »

As Olimpíadas: o jogo, a política, o humano

Bolt, Phelps, Sheila, Marta, Argentina, Croácia, China, Estados Unidos… Tudo passa, mas não sem polêmicas e travessuras, sobretudo quando a tempestade é longa. Curto, porém, os jogos desde muito tempo. Sei que é uma época de demônios e Dráculas políticos. Muita gente envolvida com corrupções, outros destilando falta de caráter, mostrando ser mensageiros do céu. […]

Read the rest of this entry »

Não desconheça a história, nem a mentira

Estamos numa travessia que parece não ter fim. Não é primeira vez. Adão e Eva não ficaram acomodados quando desobedeceram as ordens divinas. A questão do pecado e da culpa é antiga, já vive dias de ruínas e desacertos. No entanto, não acredite que as religiões estão fulminadas.Elas prosseguem buscando adeptos e escolhendo salvações. São […]

Read the rest of this entry »

O individualismo e as fronteiras possíveis dos sentimentos

  Ninguém deve dispensar as fantasias. A aridez deixa gosto, isola, cria apatias. Uma sociedade que cultiva tensões, estica raivas, pode se tornar um campo de guerra. Somos animais sociais e precisamos de entrar no universo dos sentimentos. Há ambiguidades, temores, vacilações. A complexidade nos visita com assiduidade. É um visionário quem espera por uma […]

Read the rest of this entry »

O facebook e a crise: pressa, imagens, inquietações

O aprofundamento da crise política, no Brasil, circula rapidamente. Tornou-se o assunto maior. Muitas novidades, duelos na imprensa, fotos e gravações clandestinas fazem o clima das torcidas organizadas. Desculpem, mas a razão, se é que ela existe, está hibernando. A história assanha ressentimentos, provoca desconfianças e anuncia vestígios de apocalipse. Surgem ídolos ou confirmam-se ídolos: […]

Read the rest of this entry »