Posts Tagged ‘desgoverno’

Espiar a história, sentir o mundo, escutar o tempo




  Os ruídos são muitos. Não há silêncio, só vozes ou buzinas de carros. A televisão ajuda na diversão ou na apatia. Parece que as saídas foram bloqueadas e as armadilhas enchem cada rua. Não sei se vale questionar tudo, cruzar feitiços e acreditar em evangélicos com verdades milionárias e honestidades mascaradas? Eles povoam as […]




Share Read the rest of this entry »

Os desencontros políticos e a escassez de limites




A seca toma conta de quase tudo. O calor manda no cotidiano. As chuvas não dão garantias de que teremos tempos sem sufoco. Não se resolve uma questão tão secular. Ela se repete como também tantas outras que invadem a educação e a saúde. Não entendo o que significa governar para quem  usufrui os privilégios […]




Share Read the rest of this entry »

Os descompassos obscuros do futebol e do mercado




Sou tricolor. Não esqueço, mesmo com todos os desacertos e frustrações. Há escolhas na vida que não precisam de explicação. Torna a aventura mais misteriosa e foge da mesmice. Depois, existe o ritmo do perdão e do esquecimento. Preocupo-me, porque as expectativas otimistas estão sendo esvaziadas. Não falo, apenas, do Santa Cruz. Como o futebol […]




Share Read the rest of this entry »

A greve é o ruído das inquietações coletivas




Estabelecer uma verdade única ameaça qualquer vestígio de liberdade. Todos pensando a mesa coisa não inquieta, nem traz redefinições na história. A sociedade divide-se. Seria impossível vê-la com um único ritmo e um destino consolidado. Há divisões que incomodam. Registram desigualdades sociais. Elas existem com privilégios e hierarquias.  As lutas e os sonhos não impediram […]




Share Read the rest of this entry »

Não pense, apenas, no sonho do paraíso(II)




A perigosa e famosa ideologia do progresso nos acenou com a ideia de um tempo que avança e pode trazer vantagens sociais profundas. Teve repercussões imensas. Mascarou muitos desmandos. Vestiu-se com as roupas da tecnologia para vender benefícios. Esqueceu as ambiguidades que compõem a sociabilidade. Criar um mundo de harmonias configuradas, radicalmente, é uma ilusão. […]




Share Read the rest of this entry »

Repressões, cinismos, violências, desgovernos




O mundo é território de muitas invasões. Os comportamentos mudam rapidamente. São bilhões de pessoas convivendo, com crenças e sentimentos conflitantes. Esperar uma harmonia é um devaneio. No entanto, é importante a inquietação e  perceber a multiplicidade. O ano de 2012 não promete sossego. As coisas se balançam, a gangorra se movimenta. As desconfianças prosperam, pois […]




Share Read the rest of this entry »

As águas do Rio de Janeiro e o desgoverno contínuo




       Conviver demanda solidariedade. Ficar preso ao individualismo significa um perigo para afirmação da sociabilidade. Cada um cuida de sua vida. Não há como negar a necessidade de autonomia. A autonomia não é a trituração do outro, a vitória nas corridas das competições. Ela se alarga, quando entendemos as diferenças, construímos os diálogos, firmamos pactos para […]




Share Read the rest of this entry »

Há desconfortos crescentes no país do futebol?




O ministro Orlando Silva se foi, depois de muitas juras e compromissos de dignidade. Não deu para segurar. Aldo o substitui.  O PCdoB viu sua honra manchada. É a grana atiçando as negociatas ? O espaço de denúncia se amplia. A imprensa tem seus alvos. Bombardeia para valer. O acusado fica tonto, desiste. Nem sempre há […]




Share Read the rest of this entry »