Posts Tagged ‘diálogos’

Os objetos dialogam com a vida

  Inventamos muita coisa. A luta para cobrir a lacuna é imensa. A cultura é movimento. Vai e volta, gosta de desafios. Ocorrem violências, mas também  seduções que encantam, mudanças que mostram inteligências e ousadias. Não há como fechar previsões. Os objetos nos cercam, convivem com nossa aflições, tornam-se companheiros do cotidiano. Criam-se relações afetivas. […]

Read the rest of this entry »

Nietzsche e as inquietações da história

Nunca faltarão análises polêmicas sobre a história. As incertezas e as instabilidades são tantas que fica difícil ficar distante da perplexidade e acomodar-se em berço esplêndido. Optar pela ausência e apatia é anular-se, destruir-se como sujeito que referenda a autonomia.Tudo isso movimenta a cultura, mas também justifica poderes e produz privilégios. Os interesses mudam de […]

Read the rest of this entry »

A difícil arrumação dos significados das culturas

A população mundial convive com mudanças e permanências. Há uma aproximação construída pelos meios de comunicação, acompanhada pela globalização dos interesses econômicos. Vemos imagens exóticas, em segundos, e ficamos impressionados. Não costumamos absorver bem as diferenças culturais. Será que existe o exotismo? Não é mais um artifício para especular sobre as etnias e suas possibilidades […]

Read the rest of this entry »

As invenções, a cultura, o tempo, Steve, Beatles

A recente morte de Steve Jobs trouxe reflexões importantes. Receberam destaques merecidos suas invenções  e criatividades. Jobs dedicou-se a abrir, com ousadia, espaços na técnica contemporânea. Não ficou paralisado nas banalizações, nem entusiasmado com o consumo das multidões. Foi além. Não fugiu dos desafios. Firmou um exemplo, compreendeu que a rapidez pode ser aliada à inteligência. Ofereceu […]

Read the rest of this entry »

A batida do violão, as dissonâncias do tempo e da arte

Celebra-se o aniversário de João. Não é qualquer João perdido no vaivém das avenidas. Trata-se de João Gilberto. Trouxe contribuições valiosas para  a nossa música. É ídolo. Caetano não cansa de homenageá-lo. Junto com outras figuras, como Tom Jobim, sacudiu a poeira de muita coisa e respondeu, com a sua obra, a insatisfação dos críticos. […]

Read the rest of this entry »