Posts Tagged ‘dissonância’

A arte, a pressa, o equilíbrio, a cultura

  Descobrir as medidas é sempre difícil. Não sei qual seria a medida certa para cada instante, quando ele revela impaciência ou descontrole. Definir equilíbrio talvez fosse uma saída. Mas como envolvê-lo com palavras que esclareçam sua forma? Falam na possibilidade da harmonia. Não há inferno , nem paraíso, apenas fantasias para facilitar a compreensão […]

Read the rest of this entry »

As dissonâncias, as histórias e os historiadores

Nunca deixei de observar a relação da escrita com o ritmo da música. Elas entrelaçam-se. Não sei se é uma paixão que move o escondido inconsciente, mas a sigo, sem vacilação. O compromisso com a palavra não é, apenas, de testemunhar a construção de verdades. Há a dimensão das formas, as viagens estéticas, as surpresas […]

Read the rest of this entry »

Leituras do mundo, narrativas incompletas

Ler o mundo atrai. Ele possui muitas linguagens. Não dá para codificá-lo com restrições programadas. Surgem acontecimentos, invenções, rebeliões que mudam o cotidiano. Nem sempre percebemos que a sociedade não se aquieta. Privilegiamos olhar os confortos e as burocracias. Há pequenos detalhes que se agigantam e os instantes se conectam com outras configurações. Portanto, nossas […]

Read the rest of this entry »

O ritmo das urgências, os sons dissonantes

Dizia Aristóteles que o presente é uma passagem. Santo Agostinho não o contrariou. O presente é uma ponte, uma travessia. Não significa que o passado é um tempo morto. O esquecimento está sempre ligado ao movimento das lembranças. Assim, a memória agita seu trabalho, para retomar os vaivéns da vida. Selecionamos acontecimentos, periodizamos e apagamos […]

Read the rest of this entry »