Posts Tagged ‘droga’

A droga mora na história

  O assunto é polêmico. Não foge de controvérsias incessantes.Mas há muita história que não deve ser esquecida, As sociedades nunca se recusaram às celebrações. Como viver sem festas, sem fantasias, sem ilusões? Quem gosta de mitologia observa como os mitos se assanham e curtem seus rituais. Não é recente o uso de drogas. Há […]

Read the rest of this entry »

Doria: a cracolândia, a política, a controvérsia

  As notícias ganham espaços movidas pelas curiosidades. Nem todos se ligam ao seu conteúdo. Apostam no sensacionalismo. Surgem os preconceitos, as violências, as amarguras. Observe a questão da cracolândia. Um inferno, na capital mais rica do Brasil, que assusta e comove. Ela não é só movimentada pela pobreza ou astúcia dos traficantes. Mostra que […]

Read the rest of this entry »

A força da droga, a ilusão da fantasia viciada

 A droga não sai do foco. Ela globalizou-se, não domina, apenas, certos grupos sociais, mas segue contaminando todas as hierarquias, metendo-se  num comércio intenso e destruidor. As tecnologias inventam máquinas, modificam hábitos culturais. Tudo não é sossego ou mercado de vitrines brilhantes. O tráfico de drogas está cheio de astúcias e com uma capacidade de […]

Read the rest of this entry »

A violência e a droga não pedem licença

Há sustos que não podem ser esquecidos. Não se deve, porém, ter medo de  insistências. Calar é consentir, achar normal comportamentos que desqualificam a vida. Assim, tem sido a ação dos grupos de tráfico de drogas. O que está acontecendo no México é desestruturante. Não devia ser silenciado descontrole, mas ganhar protestos de mobilizações internacionais. O extermínio banalizou-se […]

Read the rest of this entry »

As dores do mundo, as ilusões das drogas

Assisti a uma reportagem que me trouxe outros dados sobre o consumo de drogas. É um assunto que ocupa a contemporaneidade, pois consegue destruir culturas e acelerar o desfazer de valores. Suas dimensões internacionais amedrontam, mais ainda, os governos e angustia as famílias. É ponto de desequilíbrio da afetividade. As cenas que vi da cracolândia paulista são […]

Read the rest of this entry »

As drogas conectam violências com desamparos

A violência não é incomum, não escolhe período histórico para se estabelecer. Ela muda suas formas, mas permanece destruindo sociabilidades. Ela possui muitos significados. O espaço é pequeno para nomeá-los e discuti-los amplamente. Nos tempos da Aristóteles, havia disputas, conflitos, guerras. O século XVIII conviveu com revoluções e estimulou transformações políticos. Havia desejo de derrubar […]

Read the rest of this entry »

O perfume e a água, a tensão e a incerteza

Atribuir significado é, sempre, balançar incertezas. Mudam as circunstâncias e os significados anteriores procuram outras planícies ou vulcões. Não dá, porém, para viver sem interpretações. A psicanálise faz suas escutas das dores humanas, sem promessas de resolvê-las. Nem por isso é inútil. Trazem reflexões, dúvidas, silêncios. O importante é mover-se, não, apenas, fisicamente. O sonho […]

Read the rest of this entry »