Posts Tagged ‘facebook’

As viagens facebookianas e os afetos flutuantes

Comunicar-se com o outro faz do mundo um lugar de negociações contínuas. É uma ordem do imediato. O tempo ganha, hoje, dimensões que se coordenam com a velocidade das máquinas. As tecnologias enchem-se de novidades e satisfazem os consumidores mais permanentes. A busca pela atualização é uma constante. A resposta é dada pela quantidade  de […]

Read the rest of this entry »

O silêncio é ruído: Ulisses e as andanças no facebook

O cotidiano não é tão implacável como dizem. É difícil uma vida plena de surpresas, sem aparecimentos de repetições. Não conheço quem tenha posse de um território onde tudo é novidade e renovação de paraísos. A cultura está cheia de invenções. Precisamos superar os impasses, redesenhar as geometrias, sacudir a poeira de conceitos. As ambivalências […]

Read the rest of this entry »

O território populoso e inquieto do facebook

Na contemporaneidade, é  desafiante observar como as pessoas se comunicam diante das tantas mudanças tecnológicas. O contato mais íntimo ganha distância. As invenções modernas asseguram a construção de uma sociedade de massas. Podemos visualizar multidões em espetáculos. Não precisa de um cantinho, um violão. Os shows comportam fãs e ídolos, lembrando altares e oração. Na […]

Read the rest of this entry »

Quem não viaja nas terras do facebook?

Surgem as novidades e os abalos nas opiniões. A unanimidade não é uma constante ou talvez nem exista. Depois, é preciso a adaptação, há resistências e os preconceitos nunca se vão da cultura. No mundo atual, a velocidade tem um comando excepcional nas aventuras humanas. O difícil é ter tempo para pensar. As escolhas são […]

Read the rest of this entry »

As redes sociais: cenários,disputas,esconderijos

Cada época possui suas expressões. Não há cópia autêntica do que passou. Autenticidade é um conceito que não merece o respeito que tinha antes. Tudo foi muito mexido, refazendo referências, criando conformismo com a pouca profundidade em certas questões. A modernidade trouxe rupturas. É discutível se ela agradou aos que sonhavam com um mundo melhor […]

Read the rest of this entry »

O facebook: as travessias virtuais e apressadas

Os louvores à tecnologia encontram-se divulgados no mundo inteiro. Há especialistas em elaborar artigos, vídeos, documentários e analisar o impacto das inúmeras invenções na vida humana. Elas invadem a convivência, praticamente criam súditos e dependentes. Os meios de comunicação abrem espaços para redefinir o cotidiano. As cartas pertencem ao passado, os celulares colocam o telefone […]

Read the rest of this entry »

Decepções e encantamentos facebookianos

As máquinas trazem agitação para cultura. Não são neutras, pois dependem do uso, das escolhas que os humanos fazem para colocá-las em circulação. Não provocam expectativas homogêneas. A multiplicidade está no mundo, apesar dos infantilismos, da preguiça mental de muitos. Os que controlam o poder não deixam de apreciá-las. Os computadores continuam estendendo seus domínios […]

Read the rest of this entry »

Os malabarismos e as imagens nas redes sociais

Não há silêncio que resista. A sociedade pede comunicação, não joga fora os ruídos e as possibilidades de conversa. As pessoas não só gostam de falar, mas de escutar e observar os malabarismos da vida. Há máquinas que intermediam contatos, agem como se estivessem estimulando inteligências conscientes, porém as intimidades não estão mais escondidas como antes. Os […]

Read the rest of this entry »

As leituras do mundo: a opinião e as redes sociais

Estou criando experiência no chamdo mundo virtual. Não gosto de me chegar às aventuras sem estimular reflexões e derrubar preconceitos. Escrevo no blog, desde 2010, cotidianamente. Um desafio que ensina muita coisa. Contato com pessoas, diálogos com o mundo, percepção mais aguda dos deslocamentos sociais. É importante acompanhar a renovação, não ficar achando que o descartável […]

Read the rest of this entry »