Posts Tagged ‘história’

O fascismo não desiste

Não fique parado na história. Mussolini existiu,mas já se foi. Hitler foi um sedutor, mesmo com toda vontade de poder. Muitos desfilaram com um autorismo feroz. Não esqueça de Salazar, Franco, Pinochet. No mundo cabem figuras sombrias. A sujeira não desaparece e as utopias , apenas, assanham os sonhos. Há quem confunda capitalismo com democracia, […]

Read the rest of this entry »

O poder é uma mercadoria?

Lula está preso , cercado de restrições. Fala-se de uma aceleração da lava jato. Fico no meio de incertezas. Observei que desmontaram o PT. Existe um ódio feroz contra o chamado lulismo. O jogo é pesado. Há quem lamente a falta de ousadia de Lula. Queria que ele transformasse tudo numa turbulência violenta  Apostar numa […]

Read the rest of this entry »

Odisseia política:LULA

    Não me espanto com os inesperados da história. Lamento  humanidade não firmar valores , nem investir na solidariedade. O individualismo, a falta de tolerância, a violência atuam durante séculos. Nada parece que, efetivamente, mudou. Não estou falando de tecnologias, redes de comunicação, vacinas contra gripes. Não posso negar que se iluminou mistérios. Mas […]

Read the rest of this entry »

A história se parte e se cola

        Não há como chegar a uma conclusão. Se vou a Grécia de Aristóteles, observo o uso da escravidão. Quem analisa o século XX encontra uma sequência de violências traumatizantes. Cresce o uso de disfarce, para que a grana circule favorecendo a minoria. Os estudantes protestam em 1968, os Beatles sacodem os […]

Read the rest of this entry »

Não despreze as histórias

    A palavra história não cessa de aparecer e de motivar polêmicas. Ela tem um lugar na academia, mas corre solta nas conversas cotidianas. Todos possuem uma história para contar. As mentiras e as verdades se misturam de forma radical. Há quem se choque e outros se divertem. O drama e a comédia atraem, […]

Read the rest of this entry »

Quem constrói o muro da felicidade?

    O mundo mostra-se inquieto, mas nem sei qual é o tamanho do mundo. A complexidade se arrasta pela vida, desde que Adão conheceu Eva e resolveu desobedecer. Não há como escapar da rebeldia. Aqueles que são passivos e tolerantes também possuem suas crises. Nada está quieto ou escondido para sempre. Temos muitos desejos […]

Read the rest of this entry »

No meio da festa, os desgovernos e as apostas

    Não pense que a política tem descanso. Numa sociedade, sem perspectivas tudo se inventa. Os vampiros andam soltos nas fantasias e ninguém consegue entender o que quer. A política tornou-se campo de apostas e cinismo explícitos. Nada tão radical em tempos que se precisa de lucidez e dignidade. Há prisões e juízes que […]

Read the rest of this entry »

No meio do mundo: as verdades e as mentiras

Há insistência na busca de verdade, desde o início da história.Existem os contrapontos. Não há uma verdade absoluta, embora muitos cantem o eterno. As suspeitas não desaparecem. As concepções de mundo se transformam de forma veloz, sobretudo no tempo que vivemos. Há dúvidas e subterrâneos  inundados por fantasias. A quantidade de meios de informações cria […]

Read the rest of this entry »

O descanso de Deus e a corrupção disparada

  O assunto se repete com muitos escândalos. Todos jornais se armam de notícias de delação. Os procuradores buscam novidades, colocam intrigas, mexem com as leis. Nada novo com a corrupção e seu percurso na história. Não sei se existe uma natureza humana. Isso é discutível. Mas não há períodos sem desacertos. Hoje, vivemos um […]

Read the rest of this entry »

Pamuk: escritas do cotidiano, escritas desenhadas e estranhas

  Os livros de Pamuk exigem fôlego. Leituras que movem dias e imaginações inesperadas. Já mergulhei em boa parte da sua obra. Vivei emoções incríveis quando li Istambul. Fiquei na transcendência com a sensibilidade que corri para escrever alguma coisa. Estava delirando. Há, às vezes, melancolias, descrições detalhadas, paixões amargas. Pamuk desenha as palavras com […]

Read the rest of this entry »