Posts Tagged ‘invenção’

O avesso do avesso atravessa o mundo

O tempo come a vida (Baudelaire). A Líbia agita-se, depois de muito terror. Picasso namora com todos as sombras. Drummond mergulha nas sensibilidades mais anônimas. Nietzsche desafia os desencontros escondidos.Piazzola encanta as melodias tímidas. Peter Gay desvela o coração dos românticos. Auster brinca com os acasos da vida. Gabriel navega  numa solidão de cem anos. Fellini […]

Read the rest of this entry »

A vida ensina, a contemplação aprofunda

A derrota traz o sufoco. Um gosto amargo que inquieta. Agita mais que a vitória, pois tem um movimento de retorno a lembranças desagradáveis. Não está desligada do futuro. Quando a  gente perde, o desejo de se deslocar é imediato. Talvez, em outro lugar a respiração chegue, com mais intensidade, e o tempo ganhe o fluir lúcido […]

Read the rest of this entry »

Os mundos da invenção, os jogos da vida e da paixão

  Inventar o mundo expressa as andanças e as metamorfoses da cultura. Nada aparece, de repente, como meteoro perdido ou um cometa em busca de um leito para se esticar. A vida é construção, entrelaçamentos  dos saberes e de experiências. O lúdico tem seu lugar especial, as certezas se sentem ameaçadas, pelo vaivém das opiniões […]

Read the rest of this entry »