Posts Tagged ‘jogo’

As celebrações, os sentimentos, as diferenças

    Viver a vida como um desfile apático é perder a multiplicidade do sentimento. As alegrias têm muitas cores e as escolhas marcam diferenças. Nem todos celebram jogos, outros se preocupam com as desigualdade sociais e fazem da política um espaço único para consolidar suas afetividades. Não dá para resumir a complexidade da história, […]

Read the rest of this entry »

A Copa, a mordida, o suspense, o inesperado

A Copa chegou acelerada. As profecias não conseguiram se aproximar do que está acontecendo. Surgiram manifestações de protestos, houve vaias, continuam as denúncias,  faltam obras, o inacabado testemunha desgoverno, mas a festa ganha corpo. Muitas contas são feitas com relação aos prejuízos futuros, enquanto os jogos se movimentam no reino do inacabado. A Espanha já […]

Read the rest of this entry »

As cogitações políticas soltas no mercado

  Quem entra no labirinto tem uma viagem garantida. É uma representação geométrica, sempre lembrada, inspiradora de mitos e de lendas sedutoras. Não se trata apenas de uma representação vadia que estimula imaginações. Na vida, há objetividades que nos chocam e consolidam comportamentos, mas há também a possibilidade de inventar lugares e voar. Nem tudo […]

Read the rest of this entry »

O acaso dos olhares

a composição das cores não resume a vida. há sentimentos intraduzíveis, amarguras perdidas no passado, ânimos desfeitos pelos sonhos vagabundos. não adianta exaltar o vermelho, apagar o cinza, confundir o branco com a paz. os significados não testemunham a permanência. cada olhar redefinido no susto conta uma história inesperada. o jogo é da sorte e […]

Read the rest of this entry »

Os desenhos do mundo nas esquinas das palavras

O mundo das imagens nos veste com as mais diferentes formas. É impossível fugir do assédio midiático, mesmo que a crítica nos acuda e nos tire das ingenuidades fabricadas.  As tecnologias possuem soberanias. Estão presentes nos múltiplos espaços. Ajudam na sala de aula, organizam exposições de produtos, metem-se nos discursos dos políticos. Citam seus benefícios […]

Read the rest of this entry »

Os jogos na geometria da vida

            A linha reta não é a garantia do jogo inventor do destino.            Falta a curva para o sentimento se espreguiçar.            Cada método desfaz coleções e traz os espelhos do acaso.            Não se largue na geometria de Descartes, nem no tédio de  Baudelaire.           Sinta no perfume […]

Read the rest of this entry »

A política mergulhada no pragmatismo dos negócios

A sociedade não vive de fragmentos soltos. Muitas vezes, não conseguimos avistar as conexões, devido a complexidades dos atos das pessoas ou mesmo das estruturas sociais marcadas por regras misteriosas. A transparência vive de discursos. Há muitos esconderijos, para assegurar conspirações. Portanto, a perplexidade não se cansa de nos incomodar. Teorias sobram tentando decifrar os […]

Read the rest of this entry »

Santos e Barcelona: a cadência do futebol

O Santos viajou empolgado. Parecia uma volta aos anos de Pelé. Muita preparação, cuidados especiais e vontade de derrubar a hegemonia do Barcelona. O time tem suas lacunas, não é a sombra daquela época de Coutinho e Pepe, mas merece respeito e confiança. Futebol é um jogo, rico em possibilidades de improvisação, com surpresas demolidoras, […]

Read the rest of this entry »

As travessuras do mundo do futebol e a história

  O fim de ano chegando é prenúncio de agitação. A sociedade ganha uma energia especial. Todos se movimentam com mais intensidade. Até os  solitários ficam na espreita. Não deixam de lançar olhares e destilar abusos. O futebol estende seu noticiário. É a época das decisões mais agudas. As opiniões flutuam e os especialistas tentam ser […]

Read the rest of this entry »

O jogo é moradia da surpresa na marca do pênalti

A Copa America derrubou especialistas e profetas. Deu, também, prejuízo. Havia quem esperasse uma final espetacular entre Brasil x Argentina. Transmissões internacionais, com milionários patrocínios, enchendo as salas, de telespectadores, e os bares, de garrafas de cerveja. Nem tudo acontece como mandam os deuses mais pacíficos. Há os que gostam de trocar as direções, fazer […]

Read the rest of this entry »