Posts Tagged ‘jogos’

As armadilhas políticas não são eternas

  Comenta-se, em todas esquinas, sobre o cenário dantesco da Câmera no dominga passado. É um assunto que se multiplica. Não me causa surpresa o comportamento dos mais exaltados em honrar a família. Uma política que se joga na negociação não pode renunciar ao cinismo. Contar com o apoio de figuras contrárias às reflexões, sem […]

Read the rest of this entry »

Gastos soltos assustam e distorcem expectativas

A festa traz alegria. Muda expectativas. Coloca a vida noutro ritmo, desmanchando melancolias. Não foi à toa que muitos se empolgaram com a vinda dos jogos mundiais para o Brasil. Parecia  a chegada de um renascimento. Os governos sacudiram bandeiras e os políticos enalteceram o progresso. Muita euforia na imprensa, conversas nos negócios e organização […]

Read the rest of this entry »

A vida tem jogos, ensaios e cenários múltiplos

Didi fez uma afirmação que ficou famoso. Citada pelos boleiros com exaustão. Diz o craque da seleção de 1958: Treino é treino, jogo é jogo. Muita sabedoria. Lembra as teorias dos simulacros tão badaladas nas pós-modernidade. Didi jogava com elegância e a bola parecia escrava das suas ordens. Seu passes eram geniais e seu chute, […]

Read the rest of this entry »

Os mundos da invenção, os jogos da vida e da paixão

  Inventar o mundo expressa as andanças e as metamorfoses da cultura. Nada aparece, de repente, como meteoro perdido ou um cometa em busca de um leito para se esticar. A vida é construção, entrelaçamentos  dos saberes e de experiências. O lúdico tem seu lugar especial, as certezas se sentem ameaçadas, pelo vaivém das opiniões […]

Read the rest of this entry »

A política e o jogo: tensões e resultados

O Brasileirão faz parceria com o momento histórico da campanha eleitoral. Há muitas semelhanças. Denúncias, promessas, sortes, multidões. A política não deixa de ser um jogo. Não lhe faltam estratégias e nem malabarismos. Quem é o mais sincero nas suas ambições? Quem será o campeão nos votos e na pontuação da tabela? O pior é […]

Read the rest of this entry »

O futebol lembra a vida e suas sutis artimanhas

Engana-se quem ver o mundo como uma composição de fragmentos distantes. Tudo se toca, mesmo que não sejam visíveis as semelhanças. Existem muitas informações circulando. O descartável assume  um lugar inquestionável na produção dos objetos. Mas a humanidade persiste, com seus sentimentos e ambições, fundando suas histórias e construindo suas narrativas. Todas as invenções da […]

Read the rest of this entry »

O dia santo: o domingo, Charles Chaplin e o futebol

Charles Chaplin é o cinema ou o cinema é Charles Chaplin? Mera negociação entre as palavras ou argumentos soltos e provocativos? Chaplin tem o perfume das almas eternas. Nunca vai deixar de encantar. Toda nostalgia, em seu nome, deve ser exercida, sem medo de cometer pecados capitais. Os sentimentos encontram , nos seus personagens, todas […]

Read the rest of this entry »

O futebol de cada dia, na cadência da vida, da fantasia, da violência

Cada cultura possui suas singularidades. É bom que existam diferenças. Melhor ainda que o respeito seja parceiro das ações humanas. Formular hierarquias e desigualdades gera tensões. O Rio de Janeiro vive desmantelos constantes de violências terríveis. Parece um espetáculo, um filme, um viodeogame,  mas estão todos pertos da ameaça da morte. As análises sobre esses […]

Read the rest of this entry »