Posts Tagged ‘lembranças’

Sabedorias efêmeras e inúteis

Consumo as mercadorias com se o acaso me condenasse, não sei qual o forma do desejo, nem as cores que cercam o destino. Nem penso na história que contaria do juízo final sem anjos, nem demônios. As escritas fixam lembranças do passado, não consigo olhar as imagens sem as profecias, seguro atônito o sonho que […]

Read the rest of this entry »

Os mares da vida e as memórias mágicas

Quem medita sobre a história não pode desprezar a memória. Ela dá ritmo às reflexões, sistematiza dúvidas ou desmonta o que parecia definido. Numa sociedade que cultua a velocidade, a memória não perde espaço. Há uma valorização de estudos sobre certos autores, um atiçamento do debate acadêmico, uma releitura de narrativas que significam que o […]

Read the rest of this entry »

O cais da saudade desenha passados e lembranças

O presente está firme. Há desconfortos visíveis, mas o saudosismo não encontra espaço para se espalhar. O negócio do capitalismo é não firmar nostalgias. Não significa que as lembranças devam ser expurgadas da memória. O capitalismo exige cálculos, medidas, investimentos. As recordações não morreram, mas entram na lógica do mercado, na exaltação do consumo. A história […]

Read the rest of this entry »