Posts Tagged ‘Macondo’

Macondo: a solidão da história




Pintei o acaso na aventura do vermelho de Dalí, deixei que a arte enlouquecesse com  cem traições repentinas. Envolvi-me com as sombras e as luzes do eterno retorno e  não segui a trilha covarde das armadilhas fabricadas. Escutei os cantos dos pássaros azuis no ninho do quarto, desfiz o paraíso que se escondia nas sementes […]




Share Read the rest of this entry »

A solidão de Gabriel: cem anos míticos




As portas estão abertas. São ruas estreitas com ruídos inusitados. Quem fala são os juízes. Acusam quase todos os políticos. A corrupção é desmedida. O medo é cínico e o final pode ser feliz. É um sinal de uma solidão estranha. Todos se parecem, guardam milhões, a sociedade se desgarra. Todos juntos no mesmo ato, […]




Share Read the rest of this entry »