Posts Tagged ‘mercadorias’

Amores, paixões, disfarces, tropeços

O amor sacode a emoção. Não se pode negar que atua de forma marcante na vida. Mas há dificuldades de aprofundá-lo quando a sociedade se veste de mercadorias e celebra cinismos afetivos. Usa-se e abusa-se de uma esquema de propagandas que idealiza os atos humanos. O amor termina se transformando num carro confortável ou num […]

Read the rest of this entry »

Não esqueça sua história e sua ousadia

O cerco das informações não é acidental. Ele tem seus objetivos e refaz, constantemente, os valores do mundo das mercadorias. Toda atenção é pouca. Os anúncios trazem dizeres que ficam colados na memória. Consagram-se como verdades cotidianas. É a conexão direta que não dispensa muito esforço. O humor é refinado. Não é surpresa. O capitalismo […]

Read the rest of this entry »

Os rituais do tempo no meio do mundo do consumo

A sociedade não vive sem seus rituais. Não podemos ficar num cotidiano sem surpresas e celebrações. Há o que festejar e ultrapassar os limites da mesmice. Cada cultura vive suas singularidades. As diferenças não se acabaram, mesmo sendo mínimas. Estamos num capitalismo com suas artimanhas que se espalham pelo mundo. Final de ano representa um […]

Read the rest of this entry »

As celebrações instituem vitrines e comportamentos

‎ Quem pode passar sem uma vitrine? Os mais resistentes se desviam e procuram negar a fantasia do consumo. A grande maioria não sossega, festeja a chegada das novidades e se deleita com os presentes. Ninguém é de ferro. O coração bate e prega sustos. Existem alegrias que buscam apagar os desacertos emocionais. Cada um […]

Read the rest of this entry »