Posts Tagged ‘novidade’

Brasil, Brasis, Brasília, Brasílias:intransparências

  Li muitas revistas em quadrinho. Gostava e me divertia. Há histórias que mal  cabem em livros, mas podem ser contadas de outras formas. Ficam no limiar da fantasia e atraem pelo drama.Vivem um tempos apressados, quase sem materialidade. Em Brasília, corre-se, desmente-se, a desconfiança se estende. Tudo se espera. É o reino da novidade, […]

Read the rest of this entry »

A porta está fechada para sempre?

O tempo vai passando e as portas se abrem e se fecham. Não cansamos de observar repetições. Podem mudar as cores, as palavras, mas existem intenções. As sociedades não se livram do conservadorismo. É significativo não perder a crítica. Quem quer destruir o vazio e refundar os comportamentos? Brinca-se com o política , porque muitos […]

Read the rest of this entry »

Nos territórios malabaristas do facebook

  A experiência ensina que a vida é um movimento difícil de possuir regras fixas. Não podemos viver sem princípios, temos hábitos e tradições, porém é preciso que olhares espertos não se deixem enganar por máscaras cotidianas. Não há história sem convivências, nem tampouco necessidade de garantir que elas se mantenham sem escorregões. Há mudanças […]

Read the rest of this entry »

O choque da notícia no mundo da multiplicidade

Quem se dedica à pesquisa histórica não deixa se renovar com as novas tecnologias. Já se foram àquelas fichas enormes transcritas com muito esforço. O historiador muda seu percurso. Tem pressa. Sente seus prazos diminuindo, o mundo da informação se ampliando. A história possui  ligações fortes com o passado, mas o presente exige reflexões, diálogos […]

Read the rest of this entry »

Decepções e encantamentos facebookianos

As máquinas trazem agitação para cultura. Não são neutras, pois dependem do uso, das escolhas que os humanos fazem para colocá-las em circulação. Não provocam expectativas homogêneas. A multiplicidade está no mundo, apesar dos infantilismos, da preguiça mental de muitos. Os que controlam o poder não deixam de apreciá-las. Os computadores continuam estendendo seus domínios […]

Read the rest of this entry »

A cidade na sua agonia cotidiana e veloz

           O tempo veloz balança os conceitos. Pensar o mundo virou uma dificuldade constante. Não é possível fortalecer as relações para  que elas mergulhem em profundidades e sintam-se soltas. A incerteza atua, segue uma trilha acidentada. Não estamos querendo afirmar que há épocas cheias de harmonia ou que estamos no pior dos mundos. Assusta-nos a […]

Read the rest of this entry »