Posts Tagged ‘Obama’

Espionar não é novidade, mas incomoda

Há aventuras que parecem perdidas. Conseguimos revê-las em ficções, cheias de malabarismos. No entanto, o escondido tem suas estratégias. Não está no labirinto, sem alternativas e sufocado pela escuridão. Quem não gosta de espiar o outro? Quem não acompanha as conversas secretas dos amigos? As relações não se revelam facilmente. É uma imensa fantasia pensar […]

Read the rest of this entry »

Barack Obama: a busca e a dissonância

As últimas eleições norte-americanas trouxeram suspenses. Havia receio que os mais conservadores se firmassem no poder. Não foi uma disputa fácil. O capitalismo está repleto de dissonâncias e não consegue aumentar seus malabarismos. Isso atinge todos. Não é uma crise isolada. Os Estados Unidos representam inúmeros símbolos das andanças dos costumes e das relações econômicas […]

Read the rest of this entry »

Os Estados Unidos e os contrapontos cotidianos

Obama sente o gosto amargo da queda da popularidade. Não esperava tanto desequilíbrio no país que o elegeu. As pressões são muitas e os republicanos  fazem acusações. Ele estava com outras expectativas. Sonhava com uma consagradora recepção internacional, permanentes elogios e críticas serenas. O capitalismo passa, no entanto, por momento de sufoco. Ele é governante […]

Read the rest of this entry »

Barack Obama vive entraves contínuos

A vitória de Obama representou um fluir de energias diferentes. Parecia impossível, mas aconteceu. Mudaram-se as expectativas. Tradições conservadoras fragmentaram-se. Correu uma onda otimista com a quebra de preconceitos e redefinições no caminho da história dos Estados Unidos. O mundo democrático celebrou. Mas, na política, os campos pantanosos são amplos. As desconfianças não se ausentam. Criam-se tensões […]

Read the rest of this entry »

A lua curiosa e o avião estrelado de Obama

Lula não foi ao almoço em homenagem a Obama. Um convite disputado por muitos. As especulações ganharam lugares especiais, nas conversas políticas. O que se passa pela cabeça do ex-presidente e seus assessores? Quem adivinha? Talvez, um surto de vaidade, para não dividir a atenção com outras figuras. Quem sabe um recolhimento, uma necessidade de […]

Read the rest of this entry »

As guerras desenham o jogo da violência

Há épocas que convivem com instabilidades crescentes. Não acordamos, sem sustos. Os pesadelos assumem o cotidiano. Com a velocidade dos meios de comunicação não existe descanso. Aconteceu, estamos ligados. Kadafi não sai da berlinda ou  não quer sair. Seus fingimentos convencem só aos mais fanáticos, pelas suas posturas autoritários. Seus ares messiânicos balançam certos corações. Sua […]

Read the rest of this entry »

Quem perde com a multiplicidade globalizada?

  Há a insistência,de alguns, em traçar rumos para sociedade atual. Trata-se de uma marca  constante que se aprofunda com a extensão da tecnologia. Ela ocupa lugares do cotidiano, com uma soberania indisfarcável. Não  precisa de descrever muitos cenários, para notá-la governando desejos e desequilibrando consumos. Não é, sem sentido, que se fala, na existência […]

Read the rest of this entry »