Posts Tagged ‘Pelé’

O Barcelona: arte e futebol, Pelé e Messi

Jules Fontaine, célebre jogador francês, afirmou que Messi é melhor do que Pelé. Jules participou da Copa de 1958, quando Pelé despontava e impressionava o mundo. Era um garoto e fazia gols como ninguém. Junto com Garrincha, desmontou defesas e desenhou um mito inesquecível, numa época em que os meios de comunicação eram, ainda, precários. […]

Read the rest of this entry »

As repetições ganham espaços e monotonias ?

A criatividade tem seus limites. Não está em toda parte. Há quem a negue e a conceba como coisa dos deuses. Nós, na incompletude comum, ficamos presos às imagens,sem ousadias. Muito pessimismo ou descaso com a cultura? Existem as repetições e a falta de ânimo para transgredir.Gosto de fazer uns testes. Correr certos riscos, sem […]

Read the rest of this entry »

O jogo do tempo e as acrobacias do múltiplo

Pelé tem um hábito interessante. Sempre diz que ele não é um só. Divide-se em dois. O Edson Arantes, cidadão comum, e o Pelé, o mito, o atleta do encanto. Desafiante, entender o limite de cada um. Muitos o criticam e ele usa esses argumento para se defender. Como jogador foi um gênio, improvisava e provocava […]

Read the rest of this entry »

Ninguém aposta nas certezas de um destino?

Gosto de caminhar. Não como um exercício, com hora de partida e de chegada. Dispenso relógio. Sou um observador, daquele que se prende aos detalhes. Como não dirijo automóvel, circulo por ambientes de andarilho. Presto atenção às conversas, gestos, rostos. A curiosidade é silenciosa, mas atenta e parceira de imaginação. Nada de se retringir ao instantâneo. […]

Read the rest of this entry »

Clássico é clássico, Pelé é Pelé, mundo é mundo

O final de semana ganhou festas, para comemorar os 70 anos de Pelé. Foram muitas homenagens. Os programas de TV exibiam suas façanhas. Os mais novos se deslumbraram. Os gols são obras-primas. Quem disse que o futebol não é uma arte? Quem desconhece a dança divina de Pelé? Sua cadência no campo, sua matada no peito, sua […]

Read the rest of this entry »

As lições múltiplas das cores e dos sentimentos

       As experiências ensinam a costurar sabedorias. São múltiplas. Viajam pela vida, por mares, ventos, cavernas. Nem todos ousam refletir sobre as suas lições. No mundo da pressa, muitos escolhem ser escravos das manchetes. Acham os torpedos dos celulares o texto mais dinâmico e comunicativo. Habitam na superfície, temem labirintos, se embriagam com a repetição. Usam máscaras […]

Read the rest of this entry »

O Brasileirão e a festa do gol: a animação de sempre

O gol salva, encanta, aquece. Como disse, Paulo Mendes Campos,  o gol é necessário. Quando uma partida se arrasta e surge um gol, quebra-se a monotonia. A torcida até esquece suas lamúrias. O gol bem trabalhado faz a festa e provoca comentários gerais, sem distinção de cores. Ele tem sua estética e faz do futebol também uma […]

Read the rest of this entry »

A conquista e a renovação: o futebol segue adiante

Pelé surgiu cedo para fama. Tornou-se campeão do mundo, em 1958, jogando numa seleção preciosa. Lá estavam Djalma Santos, Didi, Zito, Garrincha, Nílton Santos e tantos outros. Não faltavam craques. Foi um entusisamo geral. Até os adversários ficaram perplexos e maravilhados com a capacidade de invenção do time do técnico  Vicente Feola. Hoje, lamentamos a […]

Read the rest of this entry »