Posts Tagged ‘Política’

Você conhece as andanças do Jair?

      A eleição presidencial ganhou um campo de atitudes inusitadas. A agressividade está nas ruas. As cores são punidas com reações amedrontadoras. Jair estimulou um discurso nada saudável. Soltou o verbo com se estivesse livre de qualquer punição. Tem apoio e se alarga nas suas ameaças. Sofreu uma facada que estimulou polêmicas. Está […]

Read the rest of this entry »

O mistério do voto: escolhas e agitações

  A história é tempestade. Não há como compreendê-la na sua totalidade. Soltamos impressões, fabricamos comportamentos, porém a exatidão foge. Quando se entra no sentimento, os embates são maiores. Jair teve uma votação surpreendente. Era um desconhecido. Caminhou com agressividades. Alguns achavam que estava delirando. Foi conseguindo simpatias e admirado por outros que pareciam transtornados. […]

Read the rest of this entry »

O fim da incerteza nunca se anuncia na política

  A luta está feroz. Um momento de grande singularidade com a volta de um conservadorismo avassalador. O mundo globalizado se encontra em guarda contra as novidades políticas. Querem permanências e atiçam comportamentos agressivos. Difícil definir o que passa. Muitas incertezas e medos. Depois de tanta ousadia, a ameaça da censura se veste e a […]

Read the rest of this entry »

Ocupar as ruas, refazer o lúdico, entender a diversidade

  As multidões ocupam as ruas não, apenas, visando desfazer propostas políticas. Há uma forma de se organizar, um grande encontro afetivo, muitas conversas, mudanças na formulação das estratégias. Anima, traz força, mostra a heterogeneidade. A movimentação é um registro da sociedade que vivemos. As imagens estão nas redes sociais, as pessoas gostam de marcar […]

Read the rest of this entry »

Histórias: A praça é do povo e moradia das carências

  Pode parecer estranho, mas nem tudo permanece com era antes.  Os ritmos se distanciam. São as famosas mudanças que inquietam e trazem expectativas. Fala-se que o movimento da história é progressivo. É a navegação no mar das mentiras. Conto porque vi. Tomei um susto, mesmo sabendo que não falta miséria na nossa pátria amada. […]

Read the rest of this entry »

O descaso com a história

  Há um certo desprezo pelo história. Sente-se uma preguiça , um desconforto em falar de suas próprias histórias. Os meios de comunicação gostam de escândalos e denúncias. Não aprofundam. Promovem viagens curtas que não dialogam com a memória. É preciso criar contrapontos. Quando se deixa o passado de lado e vive-se o agora com […]

Read the rest of this entry »

Quem aposta na política?

    Se o escândalo ganha espaço no mundo, a história se torna parceira do inesperado. As instituições criam regras, mostra que existem limites. No entanto, há agonias marcantes. O movimento não dispensa as transgressões. A cultura busca equilíbrios. Eles são passageiros. Como fica o medo do inesperado? Vivemos a política numa sociedade que fermenta […]

Read the rest of this entry »

A violência onipotente e o jogo das notícias

  A insistência dói. Escrever sobre um cotidiano pintado pela violência me deixa triste. Não há como silenciar. As notícias se balançam, tocam no corpo, desencantam. Aqueles ideais iluministas vivem dias contados. Não dá para acreditar que o equilíbrio tomará um lugar especial na sociedade. Usam-se armas com uma estupidez desmedida. Não sei quais são […]

Read the rest of this entry »

Quem esvazia quem nas sombras políticas?

    Temos uma campanha eleitoral seguindo e muitas conversas. As redes de televisão promovem debates com muita pompa. Pouco se aproveita politicamente. Resgata-se o que foi engraçado, as valentias de alguns, as chamadas bíblicas. Os evangélicos resolveram investir . O Jair, o Cabo. a Marina são figuras ativas. Possuem perfis desiguais. Marina se encontra […]

Read the rest of this entry »

A mercadoria desfaz o sentido

  A sociedade está, inegavelmente, se colocando questões cruciais, porém com dificuldades de encontrar respostas. Não sejamos fatalistas, nem crucifiquemos o presente, As dúvidas sempre existiram e as culturas se fizeram buscando saídas. O sofrimento não é novo. A história não se renova, pois as repetições garantem que as aflições principais continuam. Muitas utopias e […]

Read the rest of this entry »