Posts Tagged ‘Política’

A politica tem (des)continuidades e (des)confianças

A perplexidade faz parte da política. Ela apresenta-se em situações que apontam mudanças de comportamentos e quebra de pactos. Dilma assumiu o governo, com muita gente desconfiando que haveria uma continuidade indiscutível das ações do ex-presidente Lula. Ela não nega admiração pelos feitos anteriores, mas procura firmar sua autonomia. Esqueceram que cada um tem um […]

Read the rest of this entry »

A fragmentação dos partidos, a política sem espelhos

      As notícias são tantas que causam mal-estar geral. A desconfiança parece  figura de contos de fadas. Ninguém consegue olhar para o outro e assegurar a solidariedade. O reino das acusações e das disputas agiganta suas fronteiras. Falo da política, profissionalizada, entusiasmada com os disfarces. Observo que o pragmatismo ganha força, sem recuos ou alternativas. Os […]

Read the rest of this entry »

As polêmicas de Lula e a democracia inquieta

Lula saiu da presidência com uma aprovação inusitada. Sua vaidade se fortaleceu. Com certeza, fez um governo que atraiu e causou mudanças na forma de relacionar-se com a população. Conta com sua facilidade de expressão e sua experiência de líder sindical histórico. Por estar numa posição de destaque, não deixa de ser olhado com críticas […]

Read the rest of this entry »

Os caminhos de Marina Silva na política da renovação

        A política não é corpo estranho aos desejos da sociedade. Ela sobrevive e atua criando condições para a convivência social. Existem opções diferentes, não há censura explícitas, mas sabemos que seu caminho é repleto de armadilhas. Quem detém o controle do poder usa de muitas artimanhas e simula democracias. Faz parte do jogo […]

Read the rest of this entry »

O avesso da política e seus espelhos riscados

                  Não se vive sem expectativas. Os traços dos lugares se redesenham e os mapas mudam suas fronteiras. O fixo não ameaça os territórios, nem sepulta as inquietações da geografia. Nem por isso, o desejo de controle é abandonado. Tememos o imprevisível. Talvez, ele acumule indecisões. É difícil lidar com a falta de possibilidades. A […]

Read the rest of this entry »

As frustrações, as releituras, o mundo solto

As expectativas produzem ansiedades. Aceleram a adrenalina. Exigem rituais. Um jogo da seleção brasileira de futebol é um acontecimento. Há desgastes provocados pelos fracassos e dissonâncias da época de Dunga. Muito estrelismo e excesso de noticiário causam desequilíbrios. O futebol possui seu lugar especial, sintetizando ambições e acostumes. O Brasil está metido noutra aventura. Começou mal, […]

Read the rest of this entry »

Os ditadores: delírios, desamparos, solidão

O tempo passa, mas os governos não ganham a forma das muitas utopias sonhadas. Elas servem para inquietar e promover rebeldias. Denunciam desmantelos frequentes. Trazem reflexões que incomodam os dominantes. A socialização do poder é um desafio. Nem as revoluções contemporâneas conseguiram ultrapassar certas práticas do passado e tivemos várias experiências totalitárias em pleno século […]

Read the rest of this entry »

O refazer da política, o fluir do desejo

                  Fail Shell, LulzSec, Anonymous são nomes estranhos, porém com eficácia nas travessuras da internet. Fazem ataques aos sites dos governos e das multinacionais, provocando transtornos e revelando sigilos. Surpreendem. Seguem estratégias inteligentes, colocam poderosos na defensiva e agem acompanhando as trilhas da globalização. Causam suspenses. Deixam esquemas de corrupção tensos e ameaçam, sempre, os […]

Read the rest of this entry »

A democracia não se cansa de respirar

  Quem conhece a história sabe que não há paraísos. Temos o direito de inventá-los na imaginação, mas  os desconcertos são muitos. Cabem utopias e sonhos. Sem idealizações, a vida se tornaria insuportável. É preciso abrir portas, procurar chaves, subir escadas, desfazer amarguras. Não há lugar para otimismos contínuos. As quedas acontecem e surpreendem. As muletas […]

Read the rest of this entry »

O ritmo da política na casa do Big Brother

  Há temas que não sossegam. Fazem parte da  sociedade de forma profunda. Querer esvaziá-los é um perigo para sobrevivência da cultura e seus limites. Nunca devemos menosprezar os espaços da transgressão. Eles ajudam nas renovações e redefinições de dúvidas carcomidas pelo tempo. Assim é a política e toda sua complexidade. Não é, apenas, um […]

Read the rest of this entry »