Posts Tagged ‘profecias’

Tempos:os extremos nos cercam

  Muitos não observam que a tensão  está no cotidiano. Um mundo com tantas misérias não poderia ter sossego. Não se trata apenas do uso de armas. As   relações  sociais estão  contaminadas por disputas. As intrigas fervem, atiçadas por preconceitos. Portanto, os racismos se acirram sem  cerimônia. Deixaram as máscaras. Agora,  há quem se sinta […]

Read the rest of this entry »

Hannah Arendt e o balanço da agonia política

  As análises políticas de Hannah não estão fora do tempo atual. Elas possuem a profundidade que as inúmeras informações que recebemos não conseguem chegar perto. Ela viveu tempos sombrios e soube articular as culturas, fazendo leituras especiais e não fugiu dos mistérios de santo Agostinho. Desnudou o totalitarismo e entrou em debates que feriram […]

Read the rest of this entry »

Cerimônias da vida, desencantos vadios

As cerimônias da vida não conseguem se desfazer de rituais e profecias. As palavras correm desenhando significados e arrumando fôlegos, as histórias anunciam as festas das imaginações incontidas e soltas. Há suspeitas de assombrações, medos das hierarquias de escatologias perversas, mas o ritmo do tempo não cede, nem deixa a inércia se apropriar dos corpos. […]

Read the rest of this entry »

Os múltiplos caminhos e profecias de Francisco

O papa Francisco assumiu com promessa de não deixar a Igreja caminhar para o abismo. Foi tudo muito rápido. A renúncia de Bento causou especulações e a imprensa soltou um noticiário perturbador. Mais um momento agudo de acusações radicais que transtornaram os católicos. A luta pelo poder se estende pela sociedade de forma aguda. Há […]

Read the rest of this entry »

As profecias anônimas e animadas

faz a redenção percorrer, sem pausa, todos os pedaços da história. não ha encanto permanente, pois a dúvida não se afasta do coração. o ritmo configura as distâncias do corpo e inventa as dores assanhadas. na celebração do mundo há sempre o juízo final e a escatologia avulsa. o cansaço da vida é sinal do […]

Read the rest of this entry »

Na busca incessante do paraíso e da rebeldia

Os sinais de pessimismo estão sempre retornando. Não se podem esconder tantas ambiguidades. É cansativo, mas não adianta ficar flutuando onde as nuvens pesadas formam tempestades. Quem conhece a história não deve abandonar, contudo, o ânimo e consolidar as energias negativas. Os conflitos são visíveis. Dialogar com o passado não desfaz as expectativas, já afirmadas […]

Read the rest of this entry »

O fim do mundo está próximo de quem?

Há sempre espaços para a renovação de profecias. Não se fica, apenas, nas tradições, relembrando paraísos perdidos, revoluções desgovernadas. Ninguém deixa de olhar as mudanças constantes. Difícil é avaliar se a sociedade se encontra com o prazer ou festeja o coletivo. Os desenganos são muitos, mas  pessoas promovem  debates, surpresas, acertos  em pactos e conflitos […]

Read the rest of this entry »

Cenas brasileiras(?): o herói, as profecias, os contrastes

A sociedade brasileira vive controvérsias turbulentas. As eleições provocam debates, lembram a política, suas impermanências, expõem ressentimentos. É sempre um momento especial, mesmo com os exageros da propaganda e os candidatos de olho nos cargos, poucos atrelados à cidadania. Há muitas especulações e os pactos se direcionam para pensar outras disputas. A vida continua.  As […]

Read the rest of this entry »