Posts Tagged ‘refugiados’

Eu me refugio, nós nos refugiamos: despertencimentos

  A sociedade continua seu cotidiano com práticas que desmontam esperanças. As notícias deixam a melancolia flutuar e as pessoas correm para o trabalho sem saber o ponto final. Todos estamos procurando refúgio, num vaivém de exclusões contínuas. Fala-se em democracia, mas a memória lembra totalitarismos constantes. É claro que as máscaras são fabricadas com […]

Read the rest of this entry »

Quem se lembra dos refugiados?

  Fico olhando a sociedade e não me esqueço que o mundo gira. Não basta cuidar das nossas artimanhas e falar mal dos políticos. Há acontecimentos e relações profundamente globalizadas. Contágios desagradáveis de sofrimentos e perdas de rumo perturbam. Cunha é uma figura estranha, as delações levantam desacertos, a dubiedade invade os espaços sagrados. Isso […]

Read the rest of this entry »

Desencantos: a saga cruel dos refugiados

Há muitas amarguras e insanidades. Os anjos devem estar aflitos, desconfiando da própria existência. Numa sociedade construída com violência não há como acreditar em julgamentos equilibrados. Parece que as culturas estão tontas, o desencanto domina a aldeia global. As moradias viajam. Estão dentro do corpo? Milhões de pessoas não sabem o que significa otimismo e […]

Read the rest of this entry »

Os sustos da vida e do mundo

Especular uma história que tenha origens e sentidos determinados é alvo de muitas polêmicas. Fica difícil seguir linhas e conjugar sentimentos tão diversos. Situamos lugares privilegiados para sentir o peso da cada vida ou de cada tempo. Não dá para deixar de tocar nos outros ou desconhecer as complexidades. Muita gente se afasta das contradições, […]

Read the rest of this entry »