Posts Tagged ‘refúgio’

Refúgios infinitos

Contar os corpos que se soltam é acreditar nas fronteiras do sentimento. Deixar que os afetos se joguem na ruas, nos becos, nos quartos é esquecer que o pecado fez medo, mas se refugia no mundo das serpentes encantadas. Não viva sem inventar fantasias, brinque com as máscaras, contemple o impossível. Defina o amor sem […]

Read the rest of this entry »

Condenações cotidianas

Os lugares não se mudam, as permanências mostram espelhos do passado, armados e tensos. Por onde anda o mundo com a presença sem fim das tragédias, com a desconfiança solta? As novidades mostram que as fragmentações não se afugentam e a a vida corre sem saber o sentido da origem, convivendo com o que parecia […]

Read the rest of this entry »

Os labirintos fechados dos refúgios

Fecharam todas as saídas dos labirintos, numa celebração maldita do caos. Não  há como assustar  espelhos e imagens de condenação numa história que se estende construindo abismos, negando espaços. obstruindo futuros. Num mundo sem aventuras solidárias, a miséria envolve os corpos e todos se sentem estranhos como feras que não tivessem moradia. Os refúgios são […]

Read the rest of this entry »