Posts Tagged ‘religiões’

Os deuses e os anjos: desejos, dúvidas, crenças




Não tenho intimidade com os deuses. Olho as crenças de longe. Respeito quem crê, mas suspeito bastante do caráter de quem finge crer. Sou partidário de uma história indefinida. Não sei quem é a criatura, nem quem é o criador. Os deuses existem para preencher nossos vazios, estimular obediências, exaltar o sagrado. Sou ético, solidário, […]




Share Read the rest of this entry »

As religiões redefinem poderes de convencimento




  Quem anunciou o fim das crenças e a vitória da razão científica? A secularização da cultura prometia espaços amplos para a crítica e a reflexão. Nada de dogmas ou de alienações que provocassem ingenuidades diante das armadilhas da vida. No entanto, é preciso sempre lembrar que o controle sobre as andanças do tempo sofre […]




Share Read the rest of this entry »

As celebrações instituem vitrines e comportamentos




‎ Quem pode passar sem uma vitrine? Os mais resistentes se desviam e procuram negar a fantasia do consumo. A grande maioria não sossega, festeja a chegada das novidades e se deleita com os presentes. Ninguém é de ferro. O coração bate e prega sustos. Existem alegrias que buscam apagar os desacertos emocionais. Cada um […]




Share Read the rest of this entry »

Os múltiplos caminhos e profecias de Francisco




O papa Francisco assumiu com promessa de não deixar a Igreja caminhar para o abismo. Foi tudo muito rápido. A renúncia de Bento causou especulações e a imprensa soltou um noticiário perturbador. Mais um momento agudo de acusações radicais que transtornaram os católicos. A luta pelo poder se estende pela sociedade de forma aguda. Há […]




Share Read the rest of this entry »

Não há silêncio definitivo na aldeia global




Bento XVI não desistiu da renúncia. Nem sei se poderia desistir. Há incertezas persistentes na Igreja Católica. Ela precisaria de mudanças radicais, para recuperar a credibilidade perdida. No entanto, o jogo de poder ataca também as religiões. Fazem ruídos, relativizam crenças, disputam lucros. O envolvimento das instiutições com as aventuras do capitalismo é antiga. Não […]




Share Read the rest of this entry »

O mundo da renúncia, da possibilidade, dos descuidos




Enfrentar a velocidade das mudanças é um desafio. Os valores estão quebrando-se e a sociedade não consegue saber quais os caminhos que estão desfeitos. Acha que o consumo salva, embora haja desconfianças e insatisfações. No entanto, a confusão não retira o desejo de seguir adiante. Renunciar aos encantos das tecnologias é incomum. As profecias não […]




Share Read the rest of this entry »

A Igreja Católica busca afirmações perdidas




A recente visita de Bento XVI a Espanha mostra a vontade de a Igreja Católica firmar posições. O mundo diversificou-se e as religiões encaminham estratégias diferentes. Não querem a negar força do convencimento, mas percebem que a vida é outra. Os valores e as tradições voam sem destino. A modernidade redefiniu as escolhas e alterou a produção de […]




Share Read the rest of this entry »

O mundo dos sustos e das criações inquietas




Diz a narrativa que Deus fez o mundo em sete dias. Como um grande mágico, organizou sua obra, mas não desprezou os detalhes, nem garantiu o destino de todas as suas criaturas. Mostrou ter suas escolhas e sua benevolência possui limites. Há pecados e penitências, salvação e fogo eterno. As decifrações, dos tantos mistérios, ainda, perturba […]




Share Read the rest of this entry »

Os significados dos sentidos e a existência do absurdo




  Há palavras que são densas. Provocam debates e incertezas. O pensador Michel Foucault afirmou que a história não tem sentido. Ele quer enfatizar que ela é uma construção, não cabendo, aí, a idéia de destino, nem tampouco a pré-determinação. Vamos vivendo, tecendo as relações sociais, mas a complexidade do coletivo e suas ações culturais […]




Share Read the rest of this entry »