Posts Tagged ‘repetição’

A memória manipulada: a perda do amanhã?

  Não há como negar que, no mundo das informações, as notícias se multiplicam de forma assustadora. Desfilam versões que defendem astúcias armadas ou se inventam ídolos programados. O conceito de verdade, aliás, se estraga. Vale o sensacionalismo. Há assuntos que atraem e investem na possível nudez da vida privada. O compromisso com as provas […]

Read the rest of this entry »

As impaciências e os sentimentos de cada dia

  Nunca me conformei com a ideia de que a história é um lugar de transformações. Tenho dúvidas. Não nego que há mudanças, mas as permanências aparecem de forma marcante. Analisamos as moradias dos tempos dos sumérios, vemos as igrejas medievais, contemplamos o poder de arquiteturas que se espalham pela cultura. Nem todos podem morar […]

Read the rest of this entry »

Holmes:o massacre no cenário das diversões

O inesperado faz parte da história. Ela não é um samba de uma nota só. Muitas informações do passado nos chegam, pesquisas geram polêmicas, mas terminamos entrelaçando notícias e comparando acontecimentos. A simultaneidade nos atiça a especular e observar que a sociedade não foge da perplexidade. Cria seus significados contemporâneos, porém se defronta com tradições […]

Read the rest of this entry »

A rebeldia e a repetição não se largam do cotidiano

Nas festas especiais do consumo de tudo acontece. Os shoppings ficam marcados pela avidez da grana, mas também se sente ameaçado pelas multidões ausentes do fluxo maior dos bens materiais. Há silêncio sobre os descontroles. A imprensa divulga os êxitos, o maior poder de compras das chamadas classes C e D, as últimas novidades vindas […]

Read the rest of this entry »

As águas do Rio de Janeiro e o desgoverno contínuo

       Conviver demanda solidariedade. Ficar preso ao individualismo significa um perigo para afirmação da sociabilidade. Cada um cuida de sua vida. Não há como negar a necessidade de autonomia. A autonomia não é a trituração do outro, a vitória nas corridas das competições. Ela se alarga, quando entendemos as diferenças, construímos os diálogos, firmamos pactos para […]

Read the rest of this entry »

O tempo que não escapa da violência persistente

As promessas de uma vida civilizada atravessam a história. Há muitos teóricos que defendem a liberdade individual, a competição, a liberação do desejo. A elaboração de projetos para acabar com os desacertos sociais é frequente. Há lutas, organizações partidárias, passeatas, protestos em praças públicas, mas os paradoxos continuam, as desigualdades não se afastam e a […]

Read the rest of this entry »