Posts Tagged ‘Santa Cruz’

Quem não se apaixona pelas três cores do paraíso?

  Não sei explicar o que significa paixão. É difícil, mas ela dá uma emoção diferente. Possui mistérios, não se esgota. Não estou falando da atração pela sensualidade. Não quero ser teórico das relações interpessoais mais surpreendentes. Meu foco, aqui, é outro. Refiro-me as acrobacias do lúdico. Elas nos acompanham e nos ensinam astúcias e […]

Read the rest of this entry »

O futebol: incômodos, controvérsias, redenções

    O futebol é a conversa que não se encerra. Há sempre o que dizer. Seus deslocamentos são acompanhados pela grande maioria. As paixões têm muitas cores e imprevisibilidades. Há pessoas que se jogam nas suas armadilhas com toda energia. Pensam que o futebol é o centro da vida e o resto, apenas, um distração […]

Read the rest of this entry »

O medo do gol, a multidão sem fôlego, o desejo aflito

As histórias do futebol não deixam de rondar as nossas vidas. São exemplos de como as dificuldades estão em toda parte. Não há fórmulas certas.  Seus contrapontos viajam, pelo mundo, sem encontrar portos seguros. Por isso, prognósticos se esfarelam, diante do que aparecia óbvio. Gosto do Santa Cruz, paixão antiga, e fico contemplando a sua […]

Read the rest of this entry »

O desconforto da dúvida e a religião do futebol

Quem despreza o futebol não conhece sua força diante das crenças de muitas pessoas. A modernidade trouxe as novidades cartesianas e as reflexões iluministas. Desmontou tradições religiões, mas as mudanças não se dão sem vestígios do passado. Não pense que o racionalismo desfez os mitos e sufocou os mistérios. Aqueles que exaltam o reino das […]

Read the rest of this entry »

Três cores que comandam paixões

Celebrar faz parte da vida. Não custa respirar um pouco e deixar que a exaltação não seja tão ansiosa. O tempo ensina. A espera relativiza amarguras e atravessa desejos. O Santa Cruz estava nos subterrâneos. Muito escondido, sem conseguir encontrar saídas. Sua torcida vacilava. O sufoco gerava  descréditos que desbotavam as três cores. Os times […]

Read the rest of this entry »

A redenção traz trilhas de esperanças

                                     A palavra redenção possui um tom religioso. Lembra o juízo final e o reviver de pessoas. As palavras espalham seus significados, por momentos da cultura, de forma diferente. Depende muita da concepção de mundo dominante. Revoluções mudam convivências e atacam linguagens consideradas tradicionais.Portanto, é difícil ter controle sobre as andanças do mundo, suas artes […]

Read the rest of this entry »

A saudade não perde o ritmo dos momentos

    As lembranças se encarregam de revirar a memória. Caminhar, pelo passado, não é pisar em sepulturas. As emoções não deixam a mudez se espalhar e os ecos dos tempos não descansam. Por isso, cultivo encontros, mesmo distantes e desatentos ao meu agora. Minhas idas aos campos de futebol estão vivas e saltam as sequências […]

Read the rest of this entry »

O luxo da conquista faz parte do mercado da bola

  Começam a esquentar as aventuras do futebol brasileiro. Os campeonatos regionais chamam a atenção, pelas rivalidades antigas. As torcidas gostam das gozações e de recuperar histórias de glórias. O jogo não tem, hoje, uma trama tão simples como aparece. Está envolvido com muitas negociações. Funciona como uma bolsa de valores, com outras astúcias, mas dentro dos […]

Read the rest of this entry »

Por onde andam os clubes pernambucanos?

As definições estão acontecendo. Não há mais caminho de volta  ou esperanças para trocar. Sábado, o Náutico livrou-se da desclassificação, com uma goleada marcante. Venceu, depois de muito sofrimento. Dizem que os atrasos salariais frequentes  perturburam o ânimo do grupo. Não é fácil ficar sem grana, numa sociedade cheia de vontades consumistas. O Timbu também dispensou […]

Read the rest of this entry »

Há sempre a busca e a escolha sacudindo o tempo

Nada como uma boa cadeira de balanço, acompanhada por um olhar que contempla uma paisagem de cores claras e penetrantes. Concentra a paciência e instiga a reflexão. Depois do agitar de dias corridos, deixar de lado a inquietação é mais do que humano. A vida não tem roteiro determinado.Podemos traçar certos cenários. Os dramas acontecem, as […]

Read the rest of this entry »