Posts Tagged ‘trágico’

Quem se lembra das dores de Nietzsche?

O século XIX viveu debates intensos. A burguesia buscava consolidar-se, o capitalismo expandia-se e as ciências  localizam-se. Poderia ser a consagração  dos valores da modernidade? Seria o esclarecimento dos mistérios que facilitariam os diálogos? A heterogeneidade era visível. o relativo era como menino vadio que ria dos que se iludiam com o absoluto. Lá estavam […]

Read the rest of this entry »

A finitude: espelho, palavras, deuses.

A trágica dissonância das correntes de Prometeu, no asilo dos mitos condenados, arrasta a história para o fundo do abismo. Nem as narrativas, nem as experiências, nem vocabulários. A vida se encerra na desistência dos destinos. Os deuses se assustam e suplicam o fim da onipotência.. A dor é o espelho, a palavra, o registro […]

Read the rest of this entry »