Posts Tagged ‘verdade’

A política das desconfianças e as versões confusas

Vivemos na era das notícias. Elas explodem. Chamam a atenção e atiçam conversas. O problema é saber qual a possibilidade de descobrir as verdades. Será que cabe essa palavra num mundo tão cheio de complexidade? Até  na aplicação da lei não faltam interpretações duplas. Quando se discutem as sentenças surgem desacordos que nos deixam para […]

Read the rest of this entry »

1964: história e memória, verdade e poder

A localização da verdade é, sempre, uma questão instável. A sociedade não vive sem conhecimentos, sem limites, sem estabelecer suas ordens e visualizar suas possibilidades. O jogo político influencia as escolhas. Ele está articulado com as tramas do poder. Não há neutralidade na política. Os compromissos são assumidos e fazem parte da construção da história. […]

Read the rest of this entry »

Quem imagina as revoluções e seus projetos?

A modernidade deu um nó nos tempos feudais. Trouxe um projeto renovador que foi se sedimentando, sem desprezar as tradições do passado. Não é possível pensar que tudo saiu da cartola de um mágico aposentado. Os gregos conseguiram reunir experiências que os construtores da modernidade não abandonaram. Houve rompimentos, mas muita coisa permaneceu. Mudam as vestes […]

Read the rest of this entry »

A verdade tem uma travessia histórica e política

Não consigo ver nada fora da história. Submerjo nos mares de Castoriadis.Mas há uma pergunta que incomoda. Quem faz a história ou se apropria dos  privilégios? Qualquer debate sobre esse tema demanda posionamento. Não sei a razão de se falar tanto em neutralidade. Será que a confunde com a falta ou desprezo por juízo de valor? […]

Read the rest of this entry »

Entre a verdade e a mentira a notícia se faz

Consumo e comunicação são palavras poderosas. Estamos na aldeia global. Todos se sentem próximos e viajam nas fantasias das máquinas irreverentes. Elas são lançadas com promoções gigantescas. Encontram-se em São Paulo, Teresina, Singapura, Tóquio, Istambul. Correm o mundo como uma tempestade inesperada. Steve Jobs morreu, mas deixou altares. Espera-se que outras invenções surjam, como a […]

Read the rest of this entry »

A história é um mergulho no passado?

Quem pensa que a história é um mergulho no passado restringe seus significados. A história não está conectada com um único tempo. Ele é uma invenção social e não um conceito fixo e definitivo. Estamos longe daquela época de exaltação cega ao progresso, do predomínio da linearidade, da ideia de que o futuro é sempre melhor […]

Read the rest of this entry »

A narrativa: Nietzsche, Batman e o historiador

A verdade é curva e o historiador já foi , muitas vezes, chamado de mentiroso. Basta ler os escritos de Nietzsche que, hoje, iluminam as reflexões pós-modernas, inclusive as foucaultianas. A academia é lugar de hierarquias e de regras, onde as especializações se aprofundam e o debate sobre a verdade ganha vastos territórios. Ele existe dentro […]

Read the rest of this entry »

Quanto vale uma notícia no éden da informação?

Os historiadores cuidam das suas pesquisas, com zelo, muitas vezes, excessivo. Há um receio de especular sobre o passado, sem testemunhos ou maiores trabalhos nos acervos. Nunca podemos falar das relações sociais, como elas realmente aconteceram. Isso não é  novidade. Circula, no mundo dos saberes, com exaustão. Qualquer pessoa, de bom senso, não se ilude com […]

Read the rest of this entry »

O cerco do espetáculo e das informações passageiras

O ano está sendo pontuado de tragédias. A violência acompanha os atos humanos, em lugares antes considerados de sossego e divertimento. Parece que foi escrito um roteiro, com cuidado e paciência, e nós o cumprimos sem se dar conta da gravidade. Os sofrimentos respondem com protestos, as raivas são colocadas em microfones e imagens. No […]

Read the rest of this entry »