Posts Tagged ‘violência’

A violência organizada ou a desigualdade permanente?

As notícias não cessam de trazer escândalos e corrupções que se prolongam pela República. Tudo vem acompanhado de acontecimentos marcados pela violência. Se elogiamos a multiplicidade da cultura, não podemos deixar de assinalar que as desavenças intrigantes e a falta de solidariedade ganham corpos. A violência se veste de brutalidade incomum e retoma preconceitos que […]

Read the rest of this entry »

Violências, perdas, descasos, partidas

A insistência faz aparecer debates que se prolongam e esgotam a paciência de muitos. A grande armadilha, de alguns, é se deixar levar pela naturalização. Os exemplos estão por aí, numa sociedade que brinca e se perturba com as informações. Tudo corre, para que não haja mergulhos profundos. A violência toma conta de notícias, motiva […]

Read the rest of this entry »

Tensões e violências, políticas e divergências

É quase impossível a afirmar a medida certa do equilíbrio. Atravessamos convivências sociais, mas há sempre notícias de violências e tensões. Pensar a harmonia na sociedade contemporânea deixa dúvidas permanentes. Muitas disputas, valores soltos, pragmatismos dificultam diálogos mínimos.  Apesar das resistências aos desmandos contínuos da ordem dominante, as vacilações são muitas e as utopias tornam-se […]

Read the rest of this entry »

Os desgovernos na berlinda: Sarney e o reino sem fim(?)

Foi um alarde geral. A violência nas prisões do Maranhão colocou, em evidência, a dominação da família Sarney. As denúncias são muitas e antigas. Não há novidades. Elas se agravam, pois a grana destinada para os serviços públicos não é aproveitada. Parece uma brincadeira ou uma indiferença que choca qualquer república. A questão não se […]

Read the rest of this entry »

As múltiplas máscaras e as (des)aventuras da violência

  Não é possível observar o cotidiano e deixar de ver os instantes comuns da violência. Ela se repete e segue construindo histórias de quem a adota e a propaga. Não se trata de um mito, mas é frequente ouvir narrativas que nos fazem desconfiar de certas sociabilidades. Há intenções de eliminar o outro ou […]

Read the rest of this entry »

A grana ornamenta as armas e agita o mundo

  A violência não se esgota na forma como a sociedade se organiza para a exploração. Havia esperança de que as mudanças trazidas pela modernidade estimulassem sociabilidades generosas e desativassem conflitos. Nem tudo está perdido, mas as desigualdades correm soltas. O medo é permanente e se intromete pelos centros urbanos. Há perigos que se expandem […]

Read the rest of this entry »

O circo e a violência nas aventuras da globalização

se

Read the rest of this entry »

Os múltiplos dizeres da violência cotidiana

Há palavra intrigante. Seu significado não é complexo. Não precisa  ir ao dicionário para decifrá-la. Ela faz parte das andanças cotidianas. É quase impossível deixá-la ausente das histórias. No entanto, ela assusta. Gostaríamos que fosse riscada dos argumentos, não circulasse nos jornais, ganhasse caminhos ignorados. O desejo não encontra alternativas. Fica na especulação. Quem consegue […]

Read the rest of this entry »

(Des)caminhos e vozes que não se calam

As respostas parecem não existir. As perguntas são muitas. Correm o mundo, atiçam movimentos inesperados. Não há só  guerras soltas assustando populações. As tiranias continuam mandando as ordens. Veja o caso recente da posse do governo chinês. Os privilegiados fecham os olhos. Ambicionam fazer negócios, desviam suas atenções e nem ousam discutir por onde caminha […]

Read the rest of this entry »

A ressaca eleitoral, as violências e os fascismos

No meio das muitas euforias e frustrações, repercutem os resultados das  eleições municipais. Renovações anunciadas, institutos de pesquisas lamentando certas previsões, promessas reafirmadas por candidatos vitoriosos compõem o momento. As conversas circulam, acompanhados do temor de que as repetições não se confirmem. O novo é, muitas vezes, o disfarce de tradições conversadoras. Não dá para […]

Read the rest of this entry »